O sacramento da Eucaristia e os casados em segunda união

É mansa e pacífica entre os bispos a interpretação da Familiaris Consortio no sentido de que os divorciados não podem receber a sagrada eucaristia. De fato, a exortação apostólica de João Paulo II é claríssima: “A Igreja (…) reafirma sua práxis, fundamentada na sagrada escritura, de não admitir à comunhão eucarística … Continue Lendo

Segunda União (Parte 1)

Podem os fiéis divorciados, novamente casados, aproximar-se da Comunhão Eucarística? (Algumas recomendações e Sugestões pastorais)*** Pe. Dr. João Carlos Orsi Doutor em Direito Canônico Vigário-Judicial do Tribunal Interdiocesano de Sorocaba*** INTRODUÇÃO A Igreja, como sacramento universal da salvação, está presente na história da humanidade, para testemunhar a presença salvadora e … Continue Lendo

Segunda União (Parte 2)

Diante disso, o documento estima a que os pastores… “cuidem daqueles que sofrem as consequências do divórcio, sobretudo dos filhos; preocupem-se com todos, e, sempre em harmonia com a verdade do matrimônio e da família, procurem aliviar a ferida infligida ao sinal da aliança de Cristo com a Igreja” (Idem. … Continue Lendo

O que decidiu o Sínodo dos Bispos?

Houve muita especulação da Imprensa falada e escrita sobre o Sínodo dos bispos, em Roma, de 5 a 19 de outubro. Na verdade parece ter havido dois Sínodos: um, dos bispos; e outro, da mídia, completamente diferente. Apressadamente uma mídia desnorteada propagou que a Igreja ia rever sua doutrina sobre … Continue Lendo

O que um casal em segunda união pode fazer na Igreja?

Casal de segunda união é aquele que casal cujo ambos, ou uma das duas pessoas, foi casado na Igreja Católica, separou-se e casou-se uma segunda vez, só no civil, pois a Igreja não pode fazer um segundo casamento, a menos que o primeiro casamento tenha sido declarado nulo pelo Tribunal … Continue Lendo

Casais em segunda união

Extraído da Exortação Apostólica “Familiaris Consortio” do Papa João Paulo II Separados e divorciados sem segunda união 83.  Motivos diversos, quais incompreensões recíprocas, incapacidade de abertura a relações interpessoais, etc. podem conduzir dolorosamente o matrimônio válido a uma fratura muitas vezes irreparável. Obviamente que a separação deve ser considerada remédio … Continue Lendo