Por que precisamos da fé e dos sacramentos para viver bem e autenticamente?

Se fôssemos abandonados a nós e às nossas forças não conseguiríamos ir longe nas nossas tentativas de sermos bons. Pela fé descobrimo-nos como filhos de Deus, que Ele fortalece. A “graça” acontece precisamente nos sinais sagrados, que designamos por – Sacramentos, Deus concede-nos a capacidade de querer e realmente praticar … Continue Lendo

Como encara a Igreja a “barriga de aluguel” e a inseminação artificial?

Tudo o que, na investigação e na medicina, ajuda a concepção de uma criança deve terminar quando a comunhão dos pais é diluída e destruída por uma terceira pessoa ou quando a concepção se torna uma ação técnica exterior à união sexual matrimonial [2374-2377] Leia também: Como lidar com a infertilidade? … Continue Lendo

O que é e o que significa o TAU?

Qual é a origem da cruz tão amada por São Francisco de Assis? Você já se perguntou qual é o significado daquela cruz, em forma de “T”, que geralmente é usada pelos franciscanos? Com a ajuda do portal San Francesco Patrono d’Italia, buscamos entender exatamente do que se trata. Antiga … Continue Lendo

Será que Deus quer as catástrofes?

Algumas vezes diante de alguma catástrofe: enchentes, desabamentos, terremotos, etc., ouve-se falar que “foi da vontade de Deus”. “Fazer o quê, Deus quis assim…” Será que Deus quer o mal? De forma alguma. De jeito nenhum; seria blasfêmia dizer isto. Deus é Perfeitíssimo. Nele não há sombra de mal e de … Continue Lendo

Por que Nossa Senhora foi concebida sem pecado?

A Igreja celebra em 8 de dezembro a Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Maria; e explica que para ser a Mãe do Salvador, Maria “foi enriquecida por Deus com dons dignos para tamanha função”. No momento da Anunciação o anjo Gabriel a saúda como “cheia de graça”, isto é, … Continue Lendo

Por que motivo a Igreja exige uma vida celibatária aos bispos e aos presbíteros?

Jesus viveu celibatariamente e quis exprimir assim o Seu amor indiviso por Deus Pai. Assumir o estilo de vida de Jesus, vivendo uma castidade celibatária <<por causa do Reino dos Céus>> (Mt 19,12), tornou-se, desde o tempo de Jesus, um sinal de amor, de indivisa entrega ao Senhor e de … Continue Lendo