Carnaval e Quaresma

Vários autores explicam o nome Carnaval a partir do latim “carne vale”, isto é, “adeus carne” ou “despedida da carne”; o que significa que no Carnaval o consumo de carne era considerado lícito pela última vez antes dos dias de jejum quaresmal. Outros estudiosos recorrem à expressão “carnem levare”, suspender … Continue Lendo

Papa Francisco: “Que trabalho belo os catequistas realizam”

O site ACI Digital publicou hoje (12/12/2016) a seguinte notícia: “Que trabalho belo os catequistas realizam!”, exclamou o Papa Francisco depois da oração do Ângelus no domingo, diante dos fiéis e peregrinos reunidos na Praça de São Pedro, no Vaticano. “Ser catequista é uma coisa belíssima”, destacou o Santo Padre. … Continue Lendo

Qual é o dia certo para montar a árvore de Natal?

Segundo o Padre Gustavo Haas, ex-assessor de liturgia da CNBB, a árvore de natal que simboliza a vida, deve ser montada no primeiro domingo do Advento, que marca o começo deste tempo litúrgico. O ideal é montar a árvore e colocar os enfeites e adereços aos poucos, durante as quatro … Continue Lendo

Domingo, 13 de novembro, serão fechadas as Portas Santas no mundo: Ainda pode cruzá-las

Segundo o ACI Digital (11/11/2016), apenas até domingo, 13 de novembro, os peregrinos poderão cruzar as Portas Santas abertas nas igrejas de todo o mundo para obter indulgências pelo Jubileu da Misericórdia. Em Roma, no domingo, serão fechadas as Portas Santas de três das quatro basílicas papais. Primeiro o Cardeal … Continue Lendo

Por que só um leproso voltou para agradecer? (Lc 17,11-19)

Jesus ficou aborrecido quando Ele curou 10 leprosos e apenas um voltou para lhe agradecer:

“Um deles, vendo-se curado, voltou, glorificando a Deus em alta voz. Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradecia. E era um samaritano. Jesus lhe disse: Não ficaram curados todos os dez? Onde estão os outros nove? Não se achou senão este estrangeiro que voltasse para agradecer a Deus?! (Lc 17,15-18).

Isso mostra com clareza que agrada a Deus nosso reconhecimento pelas graças que nos concede a cada momento. Em tudo dependemos de Deus; Ele nos deu a vida, o existir, o ar que respiramos, a água que bebemos e o alimento que nos sustenta. Tudo nos é dado por sua bondade, onipotência e amor. “Porque é ele quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas” (At 17,25).

Jesus reclamou que só voltou um “estrangeiro”, um publicano, não-judeu, para agradecer. O que isso pode nos dizer?

Confira uma reflexão do Evangelho deste domingo (09/10/16) neste vídeo: