Os livros Apócrifos

São aqueles livros que foram escritos pelo povo de Deus, mas que não foram considerados pelo Magistério da Igreja como revelados pelo Espírito Santo, e portanto, não são canônicos, isto é, não fazem parte do cânon (índice) da Bíblia. As razões que levaram a Igreja a não considerá-los como Palavra … Continue Lendo

O Evangelho de São Mateus e o fim do mundo

Jesus sentado perante o templo de Jerusalém fala a seus discípulos da total destruição deste (24,1-2). Sobre esta destruição a maioria dos exegetas estão de acordo em que Jesus se referia historicamente à destruição de Jerusalém ocorrida no ano 70 d.C. Mas, esta destruição é figura profética da consumação dos … Continue Lendo

Quando foi escrito o Evangelho segundo Mateus?

Em síntese: O Prof. Carsten Peter Thiede, de Paderbom (Alemanha), julga ter identificado em 1994 três fragmentos papiráceos de Mateus 26, que ele data de meados do século I. Para chegar a tal datação, o pesquisador se serviu da paleografia: a escrita dos três fragmentos é semelhante à de outros manuscritos gregos da primeira … Continue Lendo

Perguntas e Respostas sobre a Bíblia

Quantos são livros que compõem a Bíblia? A Bíblia compreende 46 escritos do Antigo Testamento e 27 do Novo. O elenco completo dos livros sagrados, que a Igreja reconhece como inspirados, é chamado cânon das Escrituras Sagradas. Que significa dizer que a Bíblia é inspirada? Significa que o Espírito Santo … Continue Lendo

Os Evangelhos são autênticos?

Depois de mostrar, historicamente, que Jesus existiu mesmo, precisamos mostrar que Ele é Deus. Porque daí vem a importância fundamental da Igreja Católica, que Ele fundou. As provas da divindade de Jesus estão nos quatro Evangelhos escritos por Mateus, Marcos, Lucas e João. O primeiro e o último foram Apóstolos, … Continue Lendo

A Igreja Católica e a Bíblia

Se não fosse a Igreja Católica, não existiria a Bíblia como a temos hoje, com os 72 livros canônicos, isto é, inspirados pelo Espírito Santo. “Foi a Tradição apostólica que fez a Igreja discernir que escritos deviam ser enumerados na lista dos Livros Sagrados” (Dei Verbum 8). Portanto, sem a … Continue Lendo

Um leigo pode ler o Evangelho na Missa?

A ordenação ritual da Missa pode comparar-se a uma partitura musical, em que cada intervenção está programada e dosada para se obter uma execução harmônica; assim, se um cantor ou um instrumentista executar uma parte que não lhe pertença, comprometerá toda a execução. O mesmo acontece com a leitura do … Continue Lendo