Muçulmanos enfurecidos queimam mais de cem casas de cristãos no Paquistão

1_0_671930O Site da Rádio Vaticano informou neste domingo (10 de março de 2013) que no Paquistão, na cidade de Lahore, uma multidão com pelo menos 3 mil muçulmanos, invadiram e queimaram mais de 100 casas de fiéis cristãos no bairro Badami Bagh, após suspeitarem de um caso de blasfêmia na região.

Segundo a Agencia Fides, por conta do ataque, a princípio, os números de feridos já chegam a 140, entre homens, mulheres, crianças, e até o próprio bispo Akram Gill, de uma Comunidade Evangélica Paquistanesa, que tentava intermediar o conflito.

A multidão saiu ‘à caça aos blasfemador’  após a oração islâmica na noite de sexta-feira.

A notícia afirmou que, “o caso da presumível blasfêmia diz respeito ao cristão Savan Masih, que havia sido preso pela polícia após uma denúncia com base no art. 295c do Código Penal, que trata da “Lei da Blasfêmia”. Segundo os cristãos locais, a denúncia é falsa”.

“O Administrador Apostólico de Lahore, Bispo Sebastian Shaw OFM, comentou à Agência Fides: “Condenamos gestos de violência de tal gênero e pedimos ao governo que garanta a segurança dos cidadãos e, especialmente, das minorias religiosas. Existem pessoas que querem fazer justiça com as próprias mãos e acreditam estar acima da lei. É um episódio muito triste que comove a nossa cidade. As pessoas inocentes não estão seguras em suas casas. Manifestamos às famílias atingidas todo o nosso apoio e solidariedade. Estamos nos articulando com a Cáritas para auxiliar estas pessoas. Neste país é necessário trabalhar muito pela paz e pela harmonia”, afirmou Dom Shaw”.

Para Rana Sanaullah, Ministro da Justiça da Província de Punjab, Rana Sanaullah, não hpa nenhum motivo para violência, sobretudo após a pessoa acusada de blasfêmia, e acrescentou que “os atos de vandalismo serão investigados e punidos e, em cinco dias, todos os que sofreram algum tipo de dano em suas propriedades serão indenizados”.

http://pt.radiovaticana.va/news/2013/03/10/paquist%C3%A3o:_mu%C3%A7ulmanos_enfurecidos_queimam_mais_de_cem_casas_d/bra-671930

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.