Inundações ameaçam gruta onde a Virgem de Lourdes apareceu na França

Segundo o ACI Digital (14/06/2018), o aumento do nível do rio Gave por causa das chuvas afetou o Santuário de Nossa Senhora de Lourdes (França), inundando a gruta onde a Virgem apareceu em 1858 e obrigando às autoridades a tomar medidas para evitar danos neste destino de milhões de peregrinos.

Em um comunicado divulgado em seu site, o santuário informou que o rio Gave, em cuja margem se encontra a gruta, transbordou por volta das 3h de 13 de junho.

“A inundação está atualmente circunscrita a área da cova (jardim de fontes e piscinas), assim como na margem direita nas capelas da luz”, indicou. O santuário assinalou que “a situação está estável neste momento” e que foram tomadas medidas de segurança para proteger a sacristia e a igreja de Santa Bernardette.

Nesse sentido, informou que não cancelaram nenhuma peregrinação e que “as Basílicas de Nossa Senhora do Rosário e da Imaculada Conceição estão abertas normalmente”. Entretanto, “o acesso à gruta, às piscinas e às capelas da luz não é possível neste momento”.

Após assinalar que esta inundação “seria muito mais baixa do que a de 2013”, o santuário indicou que a informação irá sendo atualizada conforme a evolução da situação.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/inundacoes-ameacam-gruta-onde-a-virgem-de-lourdes-apareceu-na-franca-16199

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.