Quaresma e Campanha da Fraternidade – 2011

Quaresma é o tempo litúrgico que precede
a Páscoa do Senhor. Sim, este tempo bonito da liturgia nos leva,
sobretudo, a fixar o olhar na Páscoa do Senhor. Páscoa é tempo de vida,
de alegria, de ressurreição.

Durante a quaresma a Igreja nos exorta a
vivermos mais intensamente a vida cristã. Para isso, nos é proposto
alguns exercícios quaresmais tal como a oração, o jejum, a penitência,
mas, sobretudo a virtude da caridade fraterna. E a cada ano a Igreja
pensa num tema bem específico para vivenciarmos. Tema sempre relacionado
à nossa vida. É o tema da CF. Neste ano o tema é: Fraternidade e a vida
no Planeta. E o lema: “A criação geme em dores de parto” (Rm 8,22).
Desde a criação do mundo a natureza vem
sendo ferida pela ação humana. Quando Deus criou o universo, ele o criou
com muito amor pensando em nós. São tantos detalhes importantes
presentes neste imenso universo que nós nem nos apercebemos. Mas tudo
foi criado harmonicamente. E nós fomos por Deus colocado neste jardim
esplêndido que é o planeta terra para que aí, num relacionamento
harmônico com tudo e com todos os que nos circundam, pudéssemos viver
bem felizes. E na medida em que vivemos em harmonia com Deus, com o
próximo, conosco mesmos e com a natureza à nossa volta, estamos em
condições de experimentarmos profundamente a felicidade de Deus. Em
todas as páginas da Bíblia encontramos algum vestígio deste princípio. A
Bíblia toda fala deste gigante universo e de tudo o que há nele: o céu,
a terra, o sol, a chuva, o frio, o calor, a geada, a neve, o relâmpago,
os trovões, as florestas, os animais, as aves, as águas, os peixes, o
dia e a noite, as montanhas e as planícies, o mar, as pedras e os rios. O
próprio Jesus ao falar sobre as realidades transcendentes fala da
oliveira, da videira, da figueira, do trigo, das pérolas, da mostarda,
dos pássaros e das flores. Enfim, usa da paisagem natural à sua volta
para dizer sobre as coisas do céu. Então, só podemos ser perfeitamente
felizes se tivermos um afável relacionamento com a vida no planeta.
A CF deste ano vem nos chamar gravemente
a atenção para este ponto nevrálgico: o aquecimento global e as
mudanças climáticas. Estes são, na verdade, sinais de alerta a nos dizer
que não estamos cuidando bem deste jardim de Deus, onde tudo,
funcionado perfeitamente, colabora para a nossa qualidade de vida, para a
nossa felicidade.
Juntamente com os exercícios quaresmais,
queremos que o tema da CF nos ajude a atingir o objetivo geral desta
Campanha: “contribuir para a conscientização das comunidades cristãs e
pessoas de boa vontade sobre a gravidade do aquecimento global e das
mudanças climáticas, e motivá-las a participar dos debates e ações que
visam a enfrentar o problema e preservar as condições de vida no
planeta”.
Sim, queridos irmãos e irmãs, o tema que
vamos rezar nesta quaresma é um assunto vital. Tornemo-nos missionários
deste anúncio. Com nosso testemunho e palavras ajudemos na divulgação
desta verdade: “A temperatura futura do planeta terra, se quisermos que
seja favorável ao desenvolvimento normal da vida humana, vai depender de
nosso modo de produzir e consumir, enfim, do modo de nos relacionar com
a terra”. “se nos tornamos inimigos da cama não podemos dormir; se nos
tornamos inimigos da terra não podemos viver” (Dom Celso).
Que Maria, a Mãe de Jesus, que
transformava em vida toda Palavra de Deus que meditava e guardava em seu
coração, nos acompanhe neste caminho quaresmal para que nós também,
acolhendo a Palavra de Deus em nossas celebrações e o Tema:
“Fraternidade e a vida no Planeta”, nos empenhemos em busca da vida e de
sua justa manutenção e não nos cansemos de cultivar e de cuidar deste
nosso planeta, o jardim que Deus, Pai amoroso, nos deu para nele
vivermos em paz e que hoje requer o socorro dos autênticos filhos de
Deus.Dom Celso Antônio Marchiori

Bispo de Apucarana – PR
fonte: site CNBB (www.cnbb.org.br)

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.