“Peçamos à Virgem que nos dê a graça de suportar com paciência e vencer com amor”, afirma o Papa Francisco na Festa de Maria Auxiliadora

ppfranciscoC24052013O site ACIDIGITAL divulgou as palavras do Santo Padre na celebração desta manhã (24 de maio de 2013) na casa Santa Marta no qual ele animou a todos os fiéis a suportar com paciência as dificuldades e vencê-las com amor e rezando pelos inimigos, e exortou a rezarem pelos católicos da China.

O Santo Padre afirmou que “suportar com paciência não é fácil! Não é fácil, diante das dificuldades de fora ou daqueles problemas que provêm do coração, da alma, ou do nosso interior”. E continua sua homilia dizendo:

“Suportar é tomar a dificuldade e tomá-la sobre si, com força, para que as dificuldades não nos deixem cair. Levar com força é uma virtude cristã. São Paulo fala dela em várias ocasiões. Isto significa não deixar-se vencer pelas dificuldades. Isto quer dizer também que o cristão tem a força de não deixar os braços caírem. Não é fácil porque pode vir o desalento e podemos querer abaixar os braços e dizer: ‘bom, sigamos adiante e façamos o que possamos e nada mais’. Mas não, suportar é uma graça, devemos pedi-la nas dificuldades”.

Sobre a graça de “vencer com o amor”, o Papa disse que “se pode vencer de muitas maneiras, mas a graça que pedimos hoje é a graça da vitória com o amor, por meio do amor e isto não é fácil. Quando temos inimigos fora que nos fazem sofrer muito: não é fácil vencer com o amor”.

“Pode vir a ideia de nos vingar, de fazer algo contra eles… O amor, aquela suavidade que Jesus nos ensinou é a vitória. O Apóstolo João nos diz, na primeira Carta: ‘esta é a nossa vitória, a nossa fé’. Nossa fé é este acreditar em Jesus que nos ensinou o amor e nos ensinou a amar a todos. A prova de que estamos no amor é quando rezamos pelos nossos inimigos”.

Já no fim de suas palavras disse para que “peçamos à Virgem que nos dê esta graça de suportar com paciência e vencer com amor. Quantas pessoas -tantos idosos e idosas- percorreram este caminho! E é belo vê-los: têm um olhar belo, uma felicidade serena. Não falam muito mas têm um coração paciente e cheio de amor. Sabem o que é perdoar os inimigos, sabem o que é rezar por eles”.

Nas preces o Santo Padre elevou suas orações “pelo nobre povo chinês: que o Senhor o abençoe e a Virgem o proteja”. A Missa encerrou com um canto Mariano em chinês.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=25460

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.