Papa pede aos clérigos visitam ou trabalham no Vaticano para trajarem vestimentas próprias de seu estado

O grupo ACI/EWTN Noticias divulgou nesta quarta-feira, 21 de novembro de 2012, que o Cardeal Bertone, a pedido do Santo Padre, pleiteou  em uma circular, datada de 15/11/2012, que os bispos, sacerdotes e religiosos devem trajar o hábito talar ou “clergyman” próprios ao adentrar na Cúria Romana em respeito à disciplina da Igreja Católica.

Segundo Sandro Magister, vaticanista italiano, o clero também deverá vestir o “hábito ordinário” nas cerimônias com a presença do Papa, nas assembleias plenárias e ordinárias, nas reuniões entre dicastérios, nas visitas “ad limina”, ou nas convocatórias oficiais da Santa Sé.

A notícia também afirma que esta circular emitida pelo Cardeal Bertone nos faz recordar uma carta do Beato João Paulo II, assinada pelo Cardeal Poletti em 1982, na qual ressalta o valor do hábito eclesiástico: “contribui para o decoro do Sacerdote no seu comportamento externo ou no exercício do seu ministério, mas sobretudo porque evidencia na Comunidade eclesiástica o público testemunho que todos os Sacerdotes devem dar da própria identidade e especial pertença a Deus”.

Ainda nesta carta o Papa João Paulo II afirmava que não ignora as motivações contrárias ao uso do hábito eclesiástico, mas que confrontadas “objetiva e serenamente com o sentido religioso e com as expectativas da maior parte do Povo de Deus, e com o resultado positivo do corajoso testemunho também do hábito, mostram-se muito mais de caráter humano que eclesiológico”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=24486

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.