Papa Francisco encoraja os fiéis a cumprirem o que o Espírito Santo pediu no Concílio Vaticano II

ppfranciscomisa16042013O site ACIDIGITAL publicou nesta terça-feira (16 de abril de 2013) as palavras do Santo Padre durante uma Missa celebrada na capela Santa Marta, na qual afirmou que ainda não fizemos tudo o que o Espírito Santos nos disse no Concílio Vaticano II, pois preferimos ceder à tentação da comodidade que seguir o que Deus inspirou aos padres no concílio.

Papa Francisco recordou que o Espírito Santo está sempre nos incentivando, empurrando a Igreja a caminhar para frente, contudo, somos como Pedro na Transfiguração: ‘Ah, que bom estarmos aqui, todos juntos!’.

“Que não nos incomodem. Queremos que o Espírito Santo adormeça… queremos ‘domesticar’ ao Espírito Santo, e isto não é bom porque Ele é Deus e é a força que nos consola, a força para prosseguirmos. Mas seguir avante nos incomoda… a comodidade é melhor!”, expressou.

Segundo o Santo Padre, isso continua atualmente, pois embora pareça que “estamos todos contentes” pela presença do Espírito Santo, isso “não é certo”.

“Esta tentação é ainda atual. Um só exemplo: pensemos no Concílio: o Concílio foi uma bela obra do Espírito Santo. Pensemos no Papa João XXIII: um pároco bom, obediente ao Espírito Santo e convocou o Concílio. Mas depois de 50 anos, fizemos tudo o que o Espírito Santo nos disse no Concílio? Nessa continuidade do crescimento da Igreja o que foi o Concílio? Não”.

“Comemoremos este aniversário, façamos um monumento, mas desde que não incomode. Nós não queremos mudar, e o pior: alguns querem voltar atrás. Isto é ser teimoso, significa querer domesticar o Espírito Santo; ser tolo, de coração lento”, advertiu.

O Papa relacionou este fato à nossa vida pessoal: “O Espírito nos empurra a percorrer um caminho mais evangélico”, mas resistimos. E, encorajou  os fiéis a “não opor resistência ao Espírito Santo. É o Espírito quem nos liberta, com essa liberdade de Jesus, com essa liberdade dos filhos de Deus!”.

“É esta a graça que eu quero que todos nós peçamos ao Senhor: a docilidade ao Espírito Santo, a esse Espírito que vem a nós e nos faz avançar no caminho da santidade, essa santidade tão bela da Igreja. A graça da docilidade ao Espírito Santo”, expressou o Papa.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=25272

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.