Ortodoxo: Definições

CruzortodoxaDefinições:

Cristão ortodoxo é aquele que foi batizado e crê e faz tudo o que a religião cristã ortodoxa ensina. A religião cristã ortodoxa, é a religião fundada por nosso Senhor Jesus Cristo no ano 33 d.c na palestina no dia de Pentecostes.

A religião cristã ortodoxa nos ensina três coisas:

– as verdades que devemos crer firmemente;
– os deveres que devemos praticar;
– os meios práticos para a nossa santificação.

2. É chamado ortodoxo o que crê corretamente. A palavra ortodoxia significa doutrina reta e direta de nosso Senhor Jesus Cristo, deixada ao seus apóstolos e transmitida por estes aos bispos. A religião cristã ortodoxa também se chama e é conhecida por igreja católica apostólica ortodoxa ou simplesmente Igreja católica ortodoxa. Ela é a congregação de todos os cristãos que são batizados, professam a mesma doutrinas de Jesus Cristo, participam dos mesmos sacramentos e obedecem aos canônicos (legítimos) pastores. Ela é una, santa, católica e apostólica.

Una – é una porque Jesus mandou crer nas mesmas verdades e obedecer os mesmos pastores;

Santa – é santa porque seu fundador, Jesus Cristo, a santificou e a instituiu para dar aos cristão todos os meios para se santificarem;

Católica – é católica (universal) porque Jesus a estabeleceu para todos os povos, para todo o tempo e para todos os lugares. Ela possui toda a verdade;

Apostólica – é apostólica porque Jesus Cristo confiou sua doutrina e administração aos apostólicos e seus legítimos sucessores.
A igreja que reúne estas quatro notas é a igreja ortodoxa oriental. Ela tem mantido vinte séculos os mesmos sacramentos, as mesmas doutrinas e os mesmos pastores que são os sucessores dos apóstolos. Se chama Oriental porque foi fundada no Oriente.

3. Para salvar-se não basta ser batizado e crer na doutrinas da fé. É necessário guardar os mandamentos de Deus e da igreja. Os mandamentos são obrigação para com Deus, para com o próximo, para com nós mesmos e para com a igreja. Não podemos guardar os mandamentos e ser dignos da vida eterna pôr nosso próprio esforço necessitamos da graça de Deus.

4. A graça de Deus ou bênção de Deus, é um Dom sobrenatural que Deus, pôr sua grande bondade, nos envia gratuitamente para assim alcançar a salvação e a vida eterna e, neste mundo, todos as graças. É a ajuda que Deus concede para salvar e santificar o cristão, porque as vontade de Deus a nosso respeito é a santificação (cf.). Deus concede esta graça pôr meio da oração, da catequese e dos sacramentos.

Oração – a oração é uma conversação com Deus. Deus quer que falemos com ele porque realmente nós somos seus filhos e ele é nosso Pai realmente. Existe duas maneiras de oração: 1°- a oração interior e o 2° a oração verbal. Na oração interior também chamada de secreta ou metal. A oração verbal também chamada de oral.

Catequese – A catequese é o ensino, a instrução religiosa pôr meio da voz. Através do catecismo somos instruídos nas verdades de nossa fé cristã ortodoxa. Devemos aprende-la para não sermos levados aos erros de falsas doutrinas estranhas à nossa religião. Dele fazem parte o estudo das escrituras e também o profundo conhecimento da ortodoxia.

Sacramentos – os sacramentos foram instituídos pôr nosso Senhor Jesus Cristo em sua igreja são sinais externos, através dos quais, a alma do crente recebe a invisível graça santificante. São um conjunto de gestos, palavras e reações sensíveis, dos quais Deus se serve como instrumento, para que cada um dos crentes receba a graça divina. Essa graça não é dada apenas uma única vez, mas todas as vezes que o crente se dirigi à nossa igreja, que a fonte donde ela jorra abundantemente.

Os sacramentos são sete:

1.    batismo
2.    crisma ou confirmação
3.    confissão ou penitência
4.    comunhão ou Eucaristia
5.    sacerdócio ou ordem
6.    casamento ou matrimônio
7.    bênção dos enfermos ou unção dos enfermos.

Vida de oração

1. a vida de ora também conhecida como vida de piedade. Devemos orar frequentemente, em especial ao deitar a noite, e ao levantar pela manhã, na divina liturgia (missa), em nossas aflições, e nos momentos de felicidades, antes e depois das refeições, nas tentações e nos perigos. Pôr isso as santas escrituras nos diz: “É necessário orar sempre e sem cessar e não desanimar” (Cf.1° tes.5,17)

Devemos orar a deus com confiança, humildade, perseverança, fé ardente e em nome de Jesus. Devemos pedir o que é necessário para viver cristãmente e sermos dignos filhos de Deus. Devemos pedir tudo o que tem como fim a glória de Deus, nossa salvação e a salvação de nosso proximo. Podemos pedir saúde e outros bens temporais se o fazemos com paciência e confiança na vontade de Deus.

Deus sempre responde a nossas orações se oramos de uma maneira apropriada e nos concede somente o que ele crê conveniente.

Se as vezes parece que Deus não responde imediatamente aos nossos pedidos, é porque ele os propõe para um, tempo mais adequado ou porque estes não são vistos de maneira convenientes. Em outras palavras, Deus responde sempre as nossas orações, porém não como esperamos, senão da melhor maneira para nós. As orações feitas com distração não tem valor.

Necessidade da oração: (1° Tes. 5,17 ), (1° Tim. 2,8), (Eclo. 18,22) e (Sal. 104,4).

Pôr si mesmo, principalmente nas tribulações: (Tg 5,13), (Sal. 49,15) e (Sal, 119,1).

Pelos outros: (Cal. 4,2ss), (1° Tes. 5,25), (2° Tes. 3,1),(Tg. 5,16) e (Jr. 42,2).

Pelos inimigos: (Mat. 5,44) e (Atos 7,60)

Deus ouve a oração: (Mat. 7,7-12), (Jo 9,31),(Atos 10,4) e (eclo 21,6;48,22)

Humildade na oração: (Ic 18,9-14)

Confiança na oração: (Mat.6,8;21,22) (Mc 11,5-9;18,1-8) (rom 12,12)

Vida de estudo:

A vida de estudo também é chamada de catequese. Devemos estuda o catecismo para conhecermos a nossa religião cristã ortodoxa, nossa Igreja, as doutrinas de nosso Senhor Jesus Cristo e principalmente as santas escrituras.

Leia também: Cristãos Ortodoxos

Diferenças entre católicos e ortodoxos

O que é necessário para um credo ser considerado religião?

As santas escrituras devem der estuda:

1° – porque ela ilumina o caminho para deus (Sl, 118,105-130).
2° – porque ela é o alimento espiritual para o crescimento de todos (p.Iped 2,1-2).
3° porque ela é o instrumento que o espírito santo usa na sua ação (Ef 6,17).

O estudo favorece a vida de oração e a união com Deus.

Através da catequese aprendemos a viver como bons cristãos ortodoxos. Como cristão ortodoxos nos preparamos para viver a fé na prática e também nos preparamos para toda boa obra estando prontos a proteger a nossa fé e pôr ela se entregar (Mt, 10,32 – Rm 10,10 e 2 Tm 4,7).

Vida de trabalho:

Por vida de trabalho entendemos como vida de aplicação. É a parte pratica do que aprendemos na oração e na catequese.
Tendo conhecimentos as verdades de nossa fé e a palavras de Deus, agora estamos prontos para aplica-la em nossa vida e transformar o mundo no qual vivemos. Como prática da fé , procuramos vivenciar aos atos de caridade cristã, os mandamentos da lei de deus , os mandamentos da igreja, as bem-aventuranças.

Atos de caridade cristã:

1. atos corporais dar de comer a quem tem fome; dar de beber a quem tem sede; vestir os que estão nus; dar pousada aos peregrinos; visitai os enfermos e os presos; remir os cativos ; enterrar os mortos.

2. atos espirituais ensinai- os ignorantes; perdoar as ofensas; suportai as dificuldades confirmar a fé dos que duvidam; consolar os aflitos ; sofrer com paciência as fraquezas do próximo; rezar pelos vivos e pelos mortos.

Os mandamentos da lei de Deus (imutáveis)

São dez os mandamentos chamados também de “decálogo”(do grego Deka- dez e logos palavra) ou Lei Mosaica. São eles:

1. Eu sou teu Deus, que te tirei da terra do Egito. Não terás outro deuses diante de mim.
2. Não farás imagem nem nenhuma semelhança do que está acima no céu, nem na terra, não te inclinais diante delas nem prestará culto a elas.
3. Não tomarás o nome de Deus em Vão.
4. Recorda o dia do Sábado para santifica-lo seis dias trabalhados, mas o sétimo dia será de repouso para teu Deus.
5. Honra teu pai e tua mãe para que teus dias se prolonguem na terra.
6. Não matarás
7. Não cometerás adultério
8. Não furtarás
9. Não darás falso testemunho contar teu próximo.
10. Não cobiçarás a casa de teu próximo, nem seu servo, nem seu criado, nem a mulher de teu próximo, nem coisa alguma de teu próximo. (êxodo 20)

Os mandamentos da igreja (mutáveis).

Nossa Igreja nos apresenta outros mandamentos para facilitar-nos a observância da Lei de Deus. São eles:

1.    Observar os dias santos e as festas
2.    Participar da divina liturgia (missa) todos os domingos
3.    Jejuar e abster-se em certos dias
4.    Contribuir com os gastos da igreja pagando o dízimo
5.    Comungar com regularidade e confessar-se.

Os mandamentos da igreja diferem dos da lei de deus os mandamentos da lei de deus são imutáveis; mandamentos da igreja são mutáveis.

Como aproveitar o seu dia:

1° – De manhã, ao acordar, fazei logo o sinal da cruz, pensa em Deus com ânimo, alegria, e oferece ao Senhor o novo dia. À hora de levantar, fazei-o com prontidão, e veste-te com modéstia. Em seguida reza devotadamente a oração da manhã. Nunca deixe de fazê-lo.

2° – Em seguida, enfrente alegremente teu trabalho de cada dia. Trabalha com dedicação fazendo tudo o melhor possível.

3°- Durante o dia, procure pensar em Deus; também Deus pensa continuamente em ti. Saúda-o frequentemente com breves orações. Faça tudo de boa vontade.

4° – Todos os dias encontrarás oportunidades para praticares o bem. É Deus quem te dá esta oportunidade. Aprecia-as e faça bom proveito delas. Leva o amor e a alegria de Deus para todas as pessoas.

5° – Tratando com os outros, seja cortês, amável e prestimoso. Procure evitar as conversas inconvenientes, ( pouco caridosas. Evita os maus companheiros e seja prudente com desconhecidos.

6°- Nunca sentes à mesa sem antes rezar. Aceita com alegria tudo o que Deus te der; não sejas manhoso; depois das refeição, não esqueças de agradecer a Deus.falsasdoutrinas

7°- Aproveita bem o teu tempo livre. Não fique nunca ocioso. Alivie um pouco os teus pais do seu trabalho; eles se afadigam muito por você. Seja dedicado para com os teus irmãos, e ajude de boa vontade os vizinhos e conhecidos. Passa o seu tempo livre com bons colegas e bom livros. Frequente sempre a escola dominical.

8° – Suporte com paciência as dificuldades e contrariedades. Pense que Jesus Cristo, embora inocente, sofreu por você. Oferece a ele tudo o que te for difícil e ele te dará ampla recompensa.

9° – Nunca falte a divina liturgia (missa) por tua culpa. Celebre os domingos e dias festivos com devoção e alegria. Não tenha pressa.

10°- Seja vigilante contra as tentações. Não ceda nem sequer no pouco. Se alguma vez ceder, faça uma boa confissão.

11° – Antes de dormir, nunca deixe de rezar devotadamente as tuas orações da noite. Nessa ocasião, bom exame de consciência e arrepende dos teus pecados. Examina também se cumpriste o teu propósito particular. Se estiver muito cansado, reza um pouco menos, mas sempre com devoção. Antes de deitar, faça, o sinal da cruz e procura adormecer com Lima oração nos lábios ou um bom pensamento na mente.

“Combate o bom combate da fé, conquista a vida eterna, para a qual foste chamado”. ( 1 Tm 6, 12)

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.