Como lidar com a traição em meu matrimônio?

traição1Uma pessoa (que não quis se identificar) enviou a seguinte pergunta ao Programa Pergunte e Responderemos:

“Sou casada há 13 anos, temos duas filhas.problemas_casamento Meu marido, quase toda semana sai e só volta ao amanhecer. Já dormiu muitas vezes fora de casa, vai a prostíbulos, tem problemas com bebidas. Quando volta, diz que “me ama”… mas logo, volta a fazer tudo de novo. Eu já briguei, já fiz as pazes, mas todas as vezes me sinto um lixo. Como devo agir se tenho o Sacramento do Matrimônio?”

A Igreja diz que o Sacramento do Matrimônio é indissolúvel. Se foi válido não pode separar; se não foi válido, ou seja não houve o sacramento, a Igreja o declara nulo, o casamento não existiu.

Leia também: Meu marido me abandonou; o que faço?

Como superar as dores e consequências do adultério?

Não rompa com ele até responder estas 5 perguntas

Conselhos para prevenir a infidelidade conjugal

5 passos para perdoar seu(sua) esposo(a)

Nulidade de Casamento

No entanto, se o matrimônio foi válido (houve o sacramento) e acontece um adultério consumado, ou seja, a pessoa comete o adultério constantemente, a outra parte tem direito de se separar. O Código de Direito Canônico da Igreja (Cf. cânones §1151-§1155) se refere s isso quando a pessoa é traída, e o outro não muda, não se converte; a parte afetada tem o direito de se separar. O que ela não terá é o direito de se casar novamente, mas tem sim o direito de pedir a separação.

A separação física não acaba com o casamento, não rompe o vínculo conjugal. É legítima defesa daquela pessoa que está sendo traída. Evidentemente, a Igreja sempre pede que se tente ao máximo a reconciliação.

Assista também: Meu casamento está em crise. O que fazer?

Por que as pessoas traem tanto? Como superar uma traição?

Infelizmente as mulheres sofrem muito mais em relação à traição do que os homens.  Entretanto, há mulheres que têm uma fé tão robusta que são capazes de carregar uma cruz dessas até o fim, sem pedir a separação, isso depende da fé de cada mulher. A Igreja como boa mãe diz você tem até o direito de se separa se o casamento está te destruindo, mas não tem o direito de se casar.

Programa Pergunte e Responderemos exibido no dia 12 de abril de 2013.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.