Arcebispo americano,diante da tragédia ocorrida nos EUA ,nos convida a responder ao mal com o bem

Segundo informações do site ACIDIGITAL (20 de dezembro de 2012), Dom Samuel Aquila, publicou um artigo em uma coluna do periódico Denver Post, no qual apontou que somos cada vez mais vítimas do mal quando tornamo-nos objetos, usado pelas pessoas, em vez de sermos tratados com “com a dignidade inerente de ser pessoa”.

Para o prelado a bondade e o respeito pela dignidade humana são as melhores respostas ao mal, ao vermos a dor da perda das pessoas que foram assassinadas no tiroteio em Connecticut, nos EUA.

Dom Aquila nos recorda que “O mal não é derrotado pela política. São necessárias prolongadas discussões políticas sobre o controle de armas e segurança nas escolas, mas isso não resolverá o problema”; e que também, “ O mal é derrotado pelo amor e só pelo amor”, reforçando a afirmação. Por este motivo, expressou também sua animação em celebrar o natal, pois o amor está contido na mensagem e verdade do Natal, e que “Muitos não estarão em disposição de ânimo para o Natal este ano, mas nunca houve um momento necessitássemos mais desta mensagem.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=24636

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.