Vídeo de intenções de oração 2019: Papa pede rezar por médicos de zonas de guerra

Segundo o ACI (04/04/2019), o Vaticano divulgou nesta quinta-feira, 4 de abril, um novo vídeo de intenções de oração do Papa Francisco, no qual pede que, ao longo deste mês, se reze pelos médicos e profissionais de saúde em zonas de guerra.

“A presença dos médicos, dos enfermeiros e demais profissionais de saúde nas zonas devastadas pelos conflitos é um sinal de esperança”, disse o Santo Padre.

Essas pessoas, afirma o Pontífice, são “sábias, corajosas, boas que, seguindo sua vocação, trabalham em condições extremamente perigosas”.

“Rezemos pelos médicos e pelas equipes humanitárias presentes em zonas de guerra, que arriscam a própria vida para salvar a vida dos outros”, conclui Francisco.

Todos os meses, a Santa Sé divulga um vídeo no qual apresenta as intenções do Pontífice sobre os desafios atuais para a humanidade e incentiva todo aquele que desejar a se unir a ele em oração.

Estes vídeos são uma iniciativa da Rede Mundial de Oração, em colaboração com o Centro Televisivo Vaticano.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/video-de-intencoes-de-oracao-2019-papa-pede-rezar-por-medicos-de-zonas-de-guerra-67388

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.