Vandalizam túmulos de freis dominicanos em cemitério de universidade católica nos EUA

Segundo o site ACI, um homem foi preso e acusado de vandalismo e agressão, depois que os túmulos dos frades dominicanos, localizados no cemitério de uma universidade católica, foram pichados com suásticas e um segurança foi agredido.

Em uma declaração, o presidente do Providence College, em Rhode Island (Estados Unidos), Pe. Brian J. Shanley, e o presidente eleito da mesma universidade, Pe. Kenneth Sicard, indicaram que por volta das 21h30 da segunda-feira, autoridades de segurança pública foram alertadas para a presença de um “homem suspeito” no cemitério do campus. No cemitério estão os túmulos dos frades dominicanos falecidos que ensinavam na universidade.

“Os policiais se aproximaram do indivíduo para perguntar o que ele estava fazendo e confirmaram que o suspeito havia pichado suásticas e frases anticatólicas na cruz central do cemitério e em várias lápides, e estava queimando bandeiras norte-americanas em alguns dos túmulos”, acrescentaram.

No total, sete lápides foram danificadas, juntamente com a cruz central no cemitério.

O homem bateu na cabeça do oficial de segurança e fugiu. Mais tarde, foi encontrado escondido nos arbustos do campus, onde foi preso.

As pichações foram limpas na tarde de terça-feira.

“Condenamos veementemente essa ação racista, antissemita e anticatólica, e a profanação das lápides de nossos amados e falecidos dominicanos que serviram ao Providence College tão bem e com muita fidelidade por muitos anos”, disseram no comunicado.

“Além disso, condenamos esta ação em apoio e solidariedade aos membros judeus de nossa comunidade, muitos dos quais desfrutaram da amizade dos frades dominicanos falecidos. O PC (Providence College) tem uma longa e orgulhosa história de colaboração com a comunidade judaica em Rhode Island”, acrescentaram.

O Providence College é o lar de Jewish-Catholic Theological Exchange (intercâmbio teológico judeu-católico) e organiza regularmente eventos voltados ao diálogo e à amizade inter-religiosos.

“Nossa comunidade abraça o amor e o respeito mútuo por todas as pessoas; não há lugar para o ódio em nosso campus”, indicaram os sacerdotes.

Na terça-feira, 23 de junho, o Departamento de Polícia de Providence identificou o homem como Keveon Gomera, de 26 anos. Ele foi acusado de vandalismo e agressão com a intenção de cometer um crime grave.

Em declarações a WJAR, um homem que teria se encontrado com Gomera antes do crime indicou que este estava com uma lata de tinta e acusava o Providence College de ser “parte das plantações de escravos”.

Providence College foi fundado em 1917, várias décadas após a Proclamação da Emancipação, e quase um século depois da abolição da escravatura em Rhode Island.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/vandalizam-tumulos-de-freis-dominicanos-em-cemiterio-de-universidade-catolica-nos-eua-33275

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.