Vamos refletir um pouco sobre o mistério da Ascensão de Jesus?

“Meus irmãos e irmãs, é necessário que vos torneis comigo testemunhas da ressurreição de Jesus. Na realidade, se não fordes vós as suas testemunhas no próprio ambiente, quem o será em vosso lugar? O cristão é, na Igreja e com a Igreja, um missionário de Cristo enviado ao mundo” Papa Bento XVI

A meditação do acontecimento divino da Ascensão de Cristo nos convida a refletir sobre a nossa vida de cristãos.

São Lucas dá alguns detalhes interessantes sobre o momento da Ascensão de Jesus. Quando estavam retirados da cidade, e Ele subiu aos céus, todos ficaram ali parados, extasiados, olhando para o alto, meio perdidos, ainda sem entender, até que dois anjos lhes explicaram, e lhes fizeram ver que deviam continuar vivendo suas vidas… (cf. At 1,9-10). E o mesmo São Lucas diz, completando a informação, que “eles voltaram para Jerusalém com muita alegria e louvando a Deus” (Cf.Lc 24,52). Os discípulos já estavam muito felizes com a Ressurreição de Jesus, e agora, naquele momento, entenderam que a missão deles iria começar, mas com a força do Alto.

Leia também: A Ascensão do Senhor

O que nos revela a Ascensão de Jesus ao Céu?

O que significa dizer que Jesus subiu ao Céu?

A solenidade da Ascensão do Senhor

O que foi a Ascensão de Jesus?

É valioso perguntar: Por que Jesus subiu aos Céus? Ele poderia simplesmente ter desaparecido no ar, magicamente… Acredito que o “olhar para o alto” é uma das atitudes que Jesus quis nos ensinar. Quando olhamos para o alto, nos esquecemos de tudo o que há abaixo de nós, nos desapegamos da terra e desejamos o céu. Olhamos menos para nós e mais para Deus.

Outro detalhe importante. Aquela foi a verdadeira despedida de Jesus. Depois daquele momento nunca mais os discípulos veriam o Mestre… Percebemos que em nenhum momento eles reclamaram ou pediram a Jesus: “Fique mais um pouco!”. Não, pelo contrário! Quando Jesus subiu eles se alegraram…

E essa é outra lição que podemos tirar desta passagem. Jesus quis nos ensinar que Sua presença ultrapassa a morte e ultrapassa os tempos. Não deve haver tristeza por que não podemos vê-lo… A fé é mais forte que a razão. Ele age poderosamente pelo poder do Seu Espírito que assiste, ilumina, fortalece e defende a Igreja e cada um de nós.

Isto nos faz pensar: onde está essa fé e essa alegria que movia os primeiros cristãos? Eles eram minoria… E ainda assim, contagiaram o mundo! Será que não nos falta nos retirarmos e vivermos essa experiência de observar o Senhor subir e nos enviar o Seu Santo Espírito?

Adoremos o Cristo Senhor que sobe aos céus e nos leva com Ele!

Prof. Felipe Aquino

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.