26/07 – Santa Ana e São Joaquim

Ana e Joaquim são os pais de Nossa Senhora. Seus nomes não aparecem nos evangelhos, nem em notícias sobre a família de Jesus. O nome de Joaquim e Ana aparece primeira vez no Proto-evangelho de São Tiago. Este escrito, que parece datar do século II, é o primeiro dos evangelhos … Continue Lendo

Os Apóstolos e a Propagação da Igreja

O Apóstolo São Pedro Sabe-se que São Pedro foi por Jesus constituído fundamento visível da Igreja (cf. Mt 16,16-19; Jo 21,15-17). Os Atos dos Apóstolos mostram como este Apóstolo tomava a dianteira logo nos primeiros tempos da Igreja: no dia de Pentecostes (At 2,14-40), no pórtico de Salomão (At 3,12-26), … Continue Lendo

Dica de leitura: “Você conhece o poder do sangue de Cristo?”

“Ele está vestido com um manto tinto de Sangue, e o seu nome é Verbo de Deus” (Ap 9,13). Este Sangue representa todo o Seu amor por nós. “Porque isto é meu Sangue, o Sangue da Nova Aliança, derramado por muitos homens em remissão dos pecados” (Mt 26,28). “Ele nos adquiriu com o Seu Sangue” (At 20,28).

Confira neste vídeo uma palavra do Prof. Felipe Aquino sobre o livro “Você conhece o poder do sangue de Cristo?”:

Dom Henrique responde: Por que os discípulos não reconheceram Jesus após a Ressurreição?

Alguns discípulos não reconheceram Jesus ressuscitado. Isso aconteceu, por exemplo, com Maria Madalena (João 20,15), com os discípulos quando estavam pescando (João 21,4) e com os dois discípulos no caminho de Emaús (Lucas 24,13-35).

Neste vídeo, Dom Henrique Soares explica o motivo de Jesus não ter sido reconhecido, e fala ainda sobre outras aparições.

Confira:

Ladainha do Preciosíssimo Sangue de Cristo

Oremos: Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Jesus Cristo, ouvi-nos. Jesus Cristo, atendei-nos. Deus Pai dos céus, tende piedade de nós. Deus Filho, redentor do mundo tende piedade de nós. Deus Espírito Santo, tende piedade de nós. Santíssima Trindade, que sois … Continue Lendo

02/07 – São Bernardino Realino

A cidade de Lecce teve um privilégio: o de haver eleito o próprio santo protetor não só antes que fosse proclamado santo oficialmente pela Igreja, mas até mesmo antes que o protetor em questão deixasse esta vida. De fato, antes que o piedoso jesuíta Bernardino Realino morresse, o conselho municipal … Continue Lendo