Dica de leitura: “Por que confessar? Como confessar?”

A primeira providência de Jesus, imediatamente após a Ressurreição no domingo, quando apareceu aos Apóstolos no Cenáculo, foi instituir o Sacramento da Confissão. Jesus esperava por esta hora; pois é através da Confissão que Ele aplica a cada um de nós o fruto mais excelente da Redenção que é “tirar o pecado do mundo” (Jo 1, 29); Ele veio ao nosso mundo para isso.

Muitas pessoas não sabem como se confessar corretamente, não entendem o significado da confissão ou tem vergonha. Neste vídeo, o Prof. Felipe Aquino recomenda a leitura do livro “Por que confessar? Como confessar?“, que mostra que através de uma Confissão bem feita, voltamos à amizade com Deus e com a Igreja.

Confira:

Se a confissão perdoa os pecados, para que existem as indulgências?

Será que, depois do perdão dos pecados na confissão, sobra algum “resto de pecado”? Pergunta do leitor Ao falar das indulgências, algumas pessoas mencionam os “restos do pecado”. Mas se o sacramento da Penitência nos perdoa de tudo, o que resta por perdoar? Também acho que é impossível esta necessidade … Continue Lendo

O dia em que o São João Paulo II salvou um sacerdote

Quero contar um fato da vida de São João Paulo II, e que muito me impressionou. Este fato real foi contado por Scott Hahn em Nova York; num dos programas da Madre Angélica – EWTN. Um sacerdote norte-americano da arquidiocese de Nova York, foi rezar em uma das paróquias de … Continue Lendo

Como era a confissão nos primórdios da Igreja?

As primeiras confissões Hoje, erroneamente, muitas pessoas acreditam que o Cristianismo representou um súbito abandono do pensamento e das práticas do antigo Israel – algo tão completamente novo que os contemporâneos de Jesus dificilmente reconheceriam essa fé cristã. Entretanto, a verdade é exatamente o contrário. De fato, os primeiros cristãos … Continue Lendo

Que pecados me impedem de comungar sem confessar?

A Igreja nos ensina que não podemos Comungar em pecado mortal sem antes se Confessar. Pecado mortal é aquele que é grave, normalmente contra um dos Dez Mandamentos: matar, roubar, adulterar, prostituir, blasfemar, prejudicar os outros, ódio, etc. é algo que nos deixa incomodados… Veja o que diz o Catecismo … Continue Lendo

Por que, ao recebermos a absolvição sacramental, temos perdoada a pena eterna, mas não a temporal?

A pergunta tem sua base na vida civil; quando um juiz absolve um réu, o caso é encerrado; o delinquente não tem de sofrer mais alguma pena. Então por que não se dá o mesmo entre o homem pecador e Deus? Eis a resposta: Todo ser humano traz em seu … Continue Lendo

04/08 – São João Maria Vianney

Conhecido e amado como o Cura D’Ars, num povoado francês, ao norte de Lião onde exerceu o seu ministério sacerdotal, João Maria Vianney (1786-1859) é um daqueles homens aos quais se aplicam as palavras de São Paulo: “Deus escolheu os mais insignificantes para confundir os grandes”. Este camponês de mente … Continue Lendo