Como pode uma pessoa distinguir se a sua ação é boa ou má?

O ser humano tem capacidade para distinguir as ações boas das más, porque possui razão e consciência, que lhe permitem juízos claros. [1749-1754, 1757-1758] Existem algumas diretrizes que ajudam a distinguir as boas das más ações: Leia também: A Voz da Consciência Por que Deus nos fez livres, mas podendo pecar? … Continue Lendo

O martírio de São Cipriano de Cartago

Uma história de amor e de fé Bem disse Tertuliano: “O sangue dos mártires é a semente de novos cristãos”. Assim foi com São Cipriano e seus companheiros mártires. Cecílio Cipriano (210-258) nasceu na aristocracia de Cartago, se converteu graças ao presbítero Cecílio aos 35 anos; foi elevado a bispo por … Continue Lendo

Será que sou muito exigente?

Normalmente é no próprio ciclo das amizades e ambientes de convívio que os namoros começam. Para namorar você deverá procurar alguém naquele ambiente onde são vividos os valores que são importantes para você. Se você é cristão, então procure entre famílias cristãs, ambientes cristãos, grupos de jovens, etc., a pessoa … Continue Lendo

Quer saber como rezar com seu noivo ou esposo? Leia estes conselhos

Um blog de mulheres católicas dos Estados Unidos chamado “Blessed is she” publicou uma série de conselhos sobre como rezar com o namorado, o noivo ou o esposo. A autora do post é uma mãe de família e teóloga chamada Claire Couche. No texto, ela explicou que é importante rezar … Continue Lendo

Toda pessoa que se suicida está condenada?

Antigamente se pensava que sim, embora a Igreja nunca tenha ensinado isso oficialmente; pois ela nunca disse o nome de um condenado. Hoje, com a ajuda da psicologia e psiquiatria, sabemos que a culpa do suicida pode ser muito diminuída devido a seu estado de alma. Evidentemente que o suicídio … Continue Lendo

O que devemos fazer quando somos feridos?

Quando te sentires ferida por haver caído em algum pecado, seja por fraqueza, seja por malícia, não desanimes e nem te inquietes por isso. Dirige-te imediatamente a Deus dizendo: “Eis aqui, meu Senhor, comportei-me segundo a minha natureza, pois de mim não se pode esperar mais que tropeços”. Depois dedica … Continue Lendo