Sofre de câncer de mama? Estes quatro santos intercessores podem te ajudar

Por ocasião do Outubro Rosa, campanha anual de aumento da conscientização sobre o câncer de mama, apresentamos quatro santos conhecidos por interceder de forma especial a favor de mulheres com câncer de mama.

A doença que atinge 1 em cada 8 mulheres no mundo e que representa 16% de todos cânceres sofridos por mulheres.

Na Igreja Católica existem santos famosos por interceder para obter a cura de determinadas doenças. Por exemplo, são João de Deus e santa Hildegarda de Bingen são intercessores daqueles que sofrem de depressão; ou santa Liduvina, padroeira dos doentes crônicos; etc.

No caso do câncer, a Igreja tem santos que intercedem de forma especial pelas mulheres que sofrem de câncer de mama. Aqui estão quatro deles:

Santa Águeda

Ela é a santa padroeira de quem sofre de doenças da glândula mamária e de mulheres com câncer de mama.

Santa Águeda, cuja festa se celebra no dia 5 de fevereiro, natural da Catânia, Sicília, Itália, tinha uma beleza extraordinária e consagrou a sua vida e pureza a Deus. Segundo a história, ela foi torturada por rejeitar as propostas de amor do cônsul Quintiliano e, como parte de seu martírio, seus seios foram cortados com ferro em brasa.

No mundo existem igrejas em sua honra e também associações e fundações contra o câncer de mama que levam o seu nome. Seus devotos, que se dedicam a tratar e prevenir o câncer de mama, são conhecidos como “os soldados de Santa Águeda”.

Santo Ezequiel Moreno

O santo é o padroeiro dos pacientes com câncer, e os milagres que levaram à sua beatificação e canonização foram a cura de dois pacientes com câncer em estado terminal: um deles era uma mulher com câncer de mama.

Santo Ezequiel Moreno, cuja festa se celebra no dia 19 de agosto, foi um frade agostiniano recoleto nascido em meados do século XIX e que por muitos anos serviu como missionário na Colômbia, onde foi diagnosticado com um câncer. O santo morreu aos 58 anos na Espanha, por causa da doença.

Ele foi canonizado por são João Paulo II em 1992 após provar sua intercessão na cura milagrosa da colombiana María de Jesús Náñez, uma mulher que após ser operada de um tumor na perna direita, fez metástase no seio esquerdo. Ela se confiou ao então beato e foi milagrosamente curada.

Santa Maria da Providência

A santa nasceu na França e foi batizada com o nome de Eugénie Smet. Tornou-se freira com o nome de Maria da Providência e fundou a Congregação Sociedade das Auxiliadoras das Almas do Purgatório, que busca salvar as benditas almas por meio de obras de misericórdia espirituais e corporais.

Santa Maria da Providência, cuja festa é celebrada em 6 de março, foi diagnosticada com câncer de mama aos 45 anos e morreu pouco depois. Embora se desconheça que tenha intercedido em casos de cura para essa doença, ela pode ser um grande exemplo para as mulheres que sofrem com isso e, claro, uma intercessora a quem recorrer.

Santa Maria Zélia Guérin

A santa é mãe de santa Teresinha do Menino Jesus e forma, ao lado deão Luís Martin, o primeiro casal católico declarado santo. A festa deles é celebrada no dia 12 de julho.

Santa Maria Zélia Guérin nasceu em 1831 em uma família católica e foi educada por freiras que a ensinaram seu ofício: a arte da costura. Casou-se, teve nove filhos e levou uma vida matrimonial exemplar com missa diária, oração e confissão frequentes e participação na vida paroquial.

À semelhança de Santa Maria da Providência, santa Maria Zélia foi diagnosticada com um tumor no seio aos 45 anos. A santa sofreu a doença com esperança cristã até a morte.

“Se Deus quiser me curar, ficarei muito contente porque, no fundo do meu coração, desejo viver; o que me custa é deixar meu marido e minhas filhas. Mas, por outro lado, digo a mim mesma: se eu não me curar, é porque, talvez, seja mais útil que eu parta”, escreveu em uma carta. Seu exemplo de confiança em Deus e de intercessão pode ajudar muitas mães que hoje sofrem com essa doença.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/sofre-de-cancer-de-mama-estes-quatro-santos-intercessores-podem-te-ajudar-78171

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.