Sete formas de se unir ao papa no Dia de Oração e Jejum pela Paz na Terra Santa

Segundo o ACI Digital (27/10/2023), o papa Francisco convocou para hoje (27) um Dia de Oração, Jejum e Penitência para pedir pela paz na Terra Santa e em todos os cantos do mundo.

No final da Audiência Geral de quarta-feira (25), o papa Francisco pediu mais uma vez a libertação dos reféns israelenses em Gaza e a entrada de ajuda humanitária aos palestinos.

Após o ataque surpresa do Hamas em 7 de outubro, Israel iniciou uma contraofensiva na Faixa de Gaza. Os bombardeios aéreos e o bloqueio imposto pelo governo israelense colocam em risco a população, que também sofre com a escassez de água, medicamentos, alimentos e eletricidade.

O papa Francisco disse que na sexta-feira (27), “viveremos um dia de jejum, oração e penitência; às 18 horas, em São Pedro, reunir-nos-emos para rezar e implorar a paz no mundo”.

Abaixo, sete formas de participar:

  1. Ir à missa

Sem dúvida, o melhor que se pode oferecer a Deus na oração é assistir e participar da missa, porque ali Jesus, o Príncipe da Paz, está sempre presente.

Você pode ir à sua paróquia ou à igreja de sua preferência e oferecer a eucaristia pela paz na Terra Santa, na Ucrânia e onde quer que haja guerra.

Em geral, é um bom costume seguir o mandamento da Igreja de ir à missa todos os domingos e dias santos. Se puder comparecer diariamente e estiver ao seu alcance, seria melhor ainda.

  1. Hora Santa

Neste tipo de dias de oração e jejum convocados pelo papa, em muitas igrejas realiza-se uma Hora Santa de adoração eucarística depois da missa, ou em horário especial.

Lembre-se que o melhor tempo gasto é aquele que você passa diante de Jesus no Santíssimo Sacramento do Altar.

  1. Rezar o terço

São João Paulo II disse que o terço era a sua oração preferida e, certamente, é uma oração que o papa Francisco sempre incentiva as pessoas a rezarem, especialmente diante das necessidades urgentes, pois a Virgem Maria intercede por todos os fiéis diante de seu Filho Jesus.

Você pode rezar o terço na igreja, em casa, com a família, na comunidade ou até mesmo caminhando. Também é possível recitá-lo enquanto estiver no transporte público ou dirigindo. Leva apenas alguns minutos e você também pode oferecê-lo por suas intenções pessoais.

  1. Rezar o terço da Divina Misericórdia

O terço da Divina Misericórdia é uma oração poderosa que você pode rezar com o seu terço. Dada pelo próprio Jesus a santa Faustina Kowalska, esta oração dura apenas alguns minutos.

Muitos o rezam às 15h, chamada “hora da Misericórdia”, porque nesse horário é lembrada a morte de Cristo na Sexta-Feira Santa.

  1. Jejum e abstinência

O jejum é a privação voluntária de alimentos por um período de tempo determinado, enquanto a abstinência consiste em não consumir determinado alimento. Isso também pode ser oferecido.

Para jejuar, sugere-se fazer uma refeição completa durante o dia e algo mais leve duas vezes. Você também pode se abster de um determinado alimento, da música que você gosta para momentos de entretenimento, ou renunciar a algo lícito para oferecer aquela pequena penitência pela paz.

  1. Ler a Bíblia

Ler a Sagrada Escritura é uma boa forma de rezar e entrar em diálogo com Deus. Você pode ler uma passagem do Evangelho ou outro trecho bíblico. Medite no que o Senhor quer lhe dizer.

Se você não tem certeza de qual parte da Bíblia escolher, um dos quatro Evangelhos e o livro dos Salmos são sempre uma boa opção, ou os Atos dos Apóstolos para saber como eram as primeiras comunidades cristãs.

  1. Dar esmolas

Se você estiver em condições de ajudar materialmente aqueles que sofrem na Terra Santa ou em outro lugar por causa da guerra, você pode enviar sua doação para a Ajuda à Igreja que Sofre e/ou Caritas Internacional.

Se isso não for possível, ofereça esmola na sua paróquia ou dê-a a um pobre, incentivando-o também a rezar pela paz no mundo. Em geral, qualquer obra de misericórdia, tanto material como espiritual, será agradável aos olhos de Deus.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticia/56569/sete-formas-de-se-unir-ao-papa-no-dia-de-oracao-e-jejum-pela-paz-na-terra-santa

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.