Santo que segundo a tradição traz o verão em pleno outono europeu?

Você já ouviu falar no “verão de São Martinho”? Trata-se de uma tradição presente em países como Portugal, segundo a qual alguns dias de verão, por volta de 11 de novembro, interrompem o típico tempo do outono europeu e tem relação com a história de São Martinho de Tours.

São Martinho nasceu na Hungria por volta do ano 316, filho de pais pagãos. Seguia a carreira militar, viajando pelo Império Romano. Converteu-se ao Cristianismo e foi batizado em 356. Fundou um mosteiro em Ligugé (França), onde viveu a vida monástica com a direção de Santo Hilário. Mais tarde, recebeu a ordem sacerdotal e foi eleito Bispo de Tours. Morreu em 397.

Conta-se que, por volta do ano 337, em pleno outono na Europa, Martinho regressava para casa, quando encontrou no caminho um mendigo, em meio ao frio. Este lhe pediu uma esmola, mas como não tinha o que dar, Martinho retirou a capa que o cobriu, cortou-a ao meio e deu uma parte ao mendigo.

Leia tambémOs mártires de ontem e de hoje

Hoje é celebrado São Martinho de Tours, padroeiro da Guarda Suíça Pontifícia

11/11 – São Martinho de Tours

Segundo a tradição, neste momento, a tempestade cessou e um sol extraordinário brilhou no céu e, durante três dias, o verão teve lugar em meio ao outono europeu. Assim, ainda hoje, por volta de 11 de novembro, espera-se a chegada do “verão de São Martinho”.

Em Portugal, São Martinho é, então, comemorado com uma festa popular chamada Magusto, quando famílias e amigos se unem em torno de uma fogueira para assar castanhas e também se bebê água-pé e jeropiga, tradicionais bebidas do país.

Além disso, considera-se também que é por volta dessa data que se deve provar o vinho novo. Desse modo, ditados populares afirmam: “Água-pé, castanhas e vinho faz-se uma boa festa pelo São Martinho!”.

Em outros países como França e Itália também celebram São Martinho com castanhas assadas. Já na Espanha, faz-se a matança de um porco e, na Alemanha, acendem-se fogueiras e organizam-se procissões.

 

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/conheca-o-santo-que-segundo-a-tradicao-traz-o-verao-em-pleno-outono-europeu-46050

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.