Quer saber como rezar com seu noivo ou esposo? Leia estes conselhos

Um blog de mulheres católicas dos Estados Unidos chamado “Blessed is she” publicou uma série de conselhos sobre como rezar com o namorado, o noivo ou o esposo.

A autora do post é uma mãe de família e teóloga chamada Claire Couche. No texto, ela explicou que é importante rezar com o amado, porque “o fruto da oração sempre é um amor autêntico e santo”.

Indicou que, ao rezar em casal, ambos “colocam Cristo como fundamento de sua relação” e “abrem seus corações e mentes para escutá-lo e seguir Sua vontade”.

A seguir, apresentamos as formas de rezar em casal durante as etapas da relação e no casamento.

Namoro

Couche assinalou que a etapa do namoro é a oportunidade perfeita para construir uma amizade fundada em Jesus, bem como para discernir o chamado à vocação do matrimônio.

“É um belo presente poder compartilhar tua personalidade – gostos, desgostos, alegrias e tristezas – com outra pessoa. E, ao contrário, recebe o presente de sua personalidade”, afirmou e aconselhou a ter um espaço para rezar com o namorado para, assim, “ter uma perspectiva centrada em Cristo”.

1. Rezar o terço em grupo

Couche indicou que “rezar em voz alta diante da pessoa com quem está namorando pode ser intimidante. As orações em grupo permitem que todos participem segundo seu nível de comodidade”.

Por isso, aconselhou a convidar um grupo de amigos para rezar juntos o terço e assim começar a amar a Virgem Maria.

Leia também: Um namoro diferente leva à santidade

11 conselhos do Papa Francisco para os noivos em Amoris Laetitia

A poderosa oração que está transformando os casais

A necessidade da oração entre os casais

Quatro atitudes dos casais felizes

Matrimônio é amizade…

2. Ler juntos as vidas de santos

Couche recomendou que ambos digam quais são seus santos favoritos e que pesquisem sobre eles, leiam suas frases, celebrem sua festa e rezem a novena dedicada a eles.

Podem até mesmo nomear um santo padroeiro de sua relação, pois eles “são modelos de virtude e uma fonte de inspiração”.

3. Leiam a Bíblia

Outra maneira de crescer e rezar em casal é lendo a Bíblia. Couche sugeriu que ambos reflitam sobre um versículo, falem das leituras da Missa ou sobre como a Palavra de Deus afetou suas vidas.

“Estejam abertos ao que Cristo lhes revela na oração”, acrescentou.

Noivado

Couche indicou que o noivado é um “momento maravilhoso para crescer com teu noivo”, porque ambos se preparam para receber o sacramento do Matrimônio.

Ao mesmo tempo em que realizam os preparativos, “apoiem-se em todas as formas possíveis e rezem pela mente, pelo corpo, pela alma do outro conforme se aproxime o dia do casamento”.

1. Vão à Missa juntos

A teóloga norte-americana assinalou que na Missa “estamos unidos com toda a Igreja” e que, quando não estiverem juntos (ou tenham uma relação à distância), “podem se encontrar verdadeiramente na Eucaristia cada vez que participem dela”.

2. Participem da Adoração Eucarística

“O silêncio e a quietude experimentados durante a Adoração Eucarística trazem cura e clareza. Programem um tempo para adorar Jesus”, recomendou Couche.

3. Façam voluntariado

Couche explicou que é importante realizar um voluntariado porque, “durante o noivado, é fácil cair no egocentrismo. O remédio é servir aos necessitados”.

“Alguns dos dias mais felizes durante nosso noivado foram passar um tempo servindo como voluntários com as Missionárias da Caridade”, assegurou. “Lembro-me de me sentir tão humilde por todos os amigos e familiares que sacrificaram seu tempo e seus presentes para nos ajudar a nos prepararmos para o dia do nosso casamento”.

Matrimônio

Couche assinalou que o objetivo do matrimônio é a salvação e “um contínuo morrer a si mesmo e aos egoísmos”.

Destacou que a oração dos esposos “é vital para a saúde em teu matrimônio” e que “rezar pelo outro durante o dia é outra forma de estar juntos quando os trabalhos e ocupações cotidianos os distanciam”.

1. Compartilhem uma refeição diária

A teóloga contou que uma ordem dos monges dizia aos noviços que o lugar mais sagrado do mosteiro, depois da capela, era a mesa da cozinha.

“Jesus nos dá o exemplo perfeito na mesa da Eucaristia. Ele eleva o ordinário ao extraordinário. Convida-nos a que façamos o mesmo. Tenham um tempo todos os dias para compartilhar a refeição juntos. é bom para o corpo e para a alma”.

Assista também: O que é viver um namoro “saudável”?

A importância da oração em família

2. Confessem-se com frequência

Couche indicou que as pedras angulares do matrimônio são “a misericórdia e o amor” e, por isso, a confissão frequente “infunde humildade e paz em nossos corações, em nosso matrimônio e em nosso lar”.

3. Adorar Cristo em teu esposo

Couche compartilhou que durante sua peregrinação familiar a Assis (Itália), um sacerdote lhe disse que ao contrário das horas que ela passava adorando Cristo diante da Eucaristia quando era solteira, nas ocupações e deveres do matrimônio também podia adorar Jesus em seu esposo e seu filho.

“Imediatamente vi a beleza escondida em minha vocação como esposa e mãe: tinha que servir a Cristo, amar Cristo, olhar com adoração para Cristo em meu esposo e meu filho. O tempo passado com Deus deve ser minha prioridade número um como um seguidor batizado de Jesus”, afirmou.

Indicou que, realizando esta prática, sua vida de piedade “evoluiu de uma forma bela” e esclareceu que também é necessário separar um momento para rezar, embora seja complicado.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/quer-saber-como-rezar-com-seu-noivo-ou-esposo-leia-estes-conselhos-36860

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.