Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. José Eduardo desmascaram causas

CLAUDIO REYES | AFP

“O laicismo se vitimiza diante da moral bíblica apenas como arma retórica para legitimar a perseguição sistemática ao cristianismo”

Por que queimam igrejas? Certamente não é por brincadeira.

De acordo com site Ateleia, Dom Henrique Soares da Costa, que em paz descanse, já tinha alertado que as chamas em Nôtre-Dame eram um sinal. De fato, nos últimos meses, criminosos incendiaram dezenas de igrejas mundo afora em nome de ideologias extremistas ardentes de ódio. Os casos mais recentes, no Chile, foram uma mostra especialmente virulenta e escancarada desse ódio ideológico.

Sobre isso, o pe. José Eduardo de Oliveira se manifestou via rede social:

“A queima de Igrejas no Chile é uma demonstração de que o laicismo não veio para brincar. É uma ideologia assassina, que se vitimiza diante da moral bíblica apenas como arma retórica para legitimar a perseguição sistemática ao cristianismo. Infelizmente, muitos trocaram os fundamentos da fé pelos pressupostos laicos, desconstruindo a teologia cristã a partir de categorias emprestadas do marxismo atual, travestido de eco-feminismo. Isso não é uma brincadeira! Primeiro, queimam a teologia católica; depois, queimam Igrejas”.

“Salgados pelo fogo”

Antes dele, dom Henrique havia escrito sobre as chamas ateadas na catedral parisiense de Nôtre-Dame em abril de 2019. Na ocasião, ele deu ao texto o título “Salgados pelo fogo”:

“O incêndio da Notre Dame de Paris é um sinal, um símbolo… Quem o entenderá?
Os grandes da terra choram e lamentam… E tantos franceses inimigos do cristianismo e da Igreja choram… E os filhos dos que no século XVIII colocaram naquele mesmo Altar sagrado uma mulher fantasiada de deusa Razão lamentam…
Não por um lugar de culto a Deus, não por uma Catedral onde o Sacrifício do Cordeiro é oferecido para a Vida do mundo…
Lamentam porque um museu incendiou… Hipócritas!
Não compreendem que sem a fé, sem o cristianismo genuíno, sem a fé católica inteira e integral, sem negociações mundanas, é a Europa, é o Ocidente que incendiarão e virarão cinzas…
O incêndio da Notre Dame de Paris é um sinal… Triste e potente sinal…
Quem a incendiou? Foi mesmo um acidente?
Mais de dez igrejas foram incendiadas na França, nas últimas semanas…
Que sinal! Sinal potente, eloquente, para a França, para a Igreja, para a Europa, para o Ocidente… Mas, não ouvirão… Não darão atenção…”.
Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.