Pesquisa aponta que 60% dos alemães acreditam que a Igreja “não enriquece” sua vida religiosa

Segundo informações do site ACI Digital, apenas 15% dos alemães consideram que frequentar e participar da vida de suas igrejas é um enriquecimento para sua vida espiritual. Este é o resultado de uma pesquisa do instituto de sondagens “INSA Consulere”, realizada a pedido do jornal “Die Tagespost”. Em contraste, uma maioria de 60% pensa o contrário, e afirmaram que a igreja não os enriquece espiritualmente. Os outros 14% não opinaram.

A pesquisa foi feita entre católicos e protestantes e a frase que os participantes foram convidados a concordar ou discordar era a seguinte: “Eu acredito que a Igreja é um enriquecimento para minha vida espiritual.”

Apenas 13% dos entrevistados na faixa de idade de 18 a 29 anos e de 50 a 59 anos concordam com a afirmação. Pessoas de 30 a 49 anos estão na mesma média, com um grau de concordância de 15%. As pessoas com mais de 60 anos foram as que mais concordaram que a Igreja enriqueceu suas vidas espirituais (18 por cento).

Os números referentes aos participantes católicos resultam preocupantes e confirmam a tendência de descontentamento dos fiéis com a Igreja alemã. Recorda-se que no dia 11 de março deste ano, um sondagem também encomendada pelo Tagepost revelou que “um em cada três Católicos da Alemanha pensa em deixar a Igreja”.

Dos entrevistados católicos, 24% veem a Igreja e a participação na vida da Igreja como um enriquecimento para sua própria vida espiritual. Entretanto, 49% dos batizados alemães pensam o contrário.

Na pesquisa foram entrevistados 2.171 adultos entre os dias 9 e 12 de abril.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/pesquisa-aponta-que-60-dos-alemaes-acreditam-que-a-igreja-nao-enriquece-sua-vida-religiosa-81423

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.