Peregrinou dois dias para agradecer a Deus por sua filha que deixou de sofrer bullying

Segundo o site ACI Digital (21/09/2018), Humberto Bautista, de 65 anos, caminhou 140 quilômetros durante dois dias até a Catedral Basílica de Salta (Argentina) para agradecer ao Senhor e à Virgem do Milagre porque sua filha que deixou de sofrer bullying.

Este pai de família era um dos 800 mil peregrinos que chegaram a Salta para renovar a sua fidelidade a Deus e à Virgem, em uma festa dedicada aos santos padroeiros da cidade, que se celebra de 13 a 15 de setembro, na qual se realiza uma grande procissão e uma vigília de adoração à Cruz.

Humberto caminhou dois dias da cidade de El Galpón, localizada a 140 km, ao sul da cidade de Salta.

O homem caminhou sozinho porque os amigos que iam acompanhá-lo desistiram de fazê-lo por serem familiares de oito pessoas que faleceram há alguns dias em um acidente de carro.

Comovido, este fiel explicou ao site ‘DNI Salta’ que peregrinou para “cumprir uma promessa pela minha filha que estava sofrendo bullying no ano passado e agora já está bem”.

Sem explicar a situação que a sua filha teve que enfrentar, indicou que ela “melhorou e por isso tenho que seguir. Graças a isso, ela pode ir ao colégio, pode sorrir. Ela queria abandonar a escola”, assinalou o peregrino, que também acrescentou em suas intenções as famílias dos falecidos no acidente de El Galpón.

Além da sua fé e da sua promessa, este homem trouxe para o caminho uma pequena bolsa com um plástico que usou como colchão para poder descansar durante algumas horas, um cobertor e garrafas de água para se hidratar.

A poucos metros da Catedral, Humberto terminou a entrevista com uma sólida mensagem: “A fé move montanhas. Eu apresentei os meus problemas a Deus e a Maria. Devemos ter muita fé e força de vontade para poder seguir em frente”.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/peregrinou-dois-dias-para-agradecer-a-deus-por-sua-filha-que-deixou-de-sofrer-bullying-44223

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.