Papa incentiva em uma carta a divulgar a mensagem da Divina Misericórdia

Segundo o ACI (22/02/2021), o Papa Francisco encorajou a divulgar a devoção à Divina Misericórdia em todo o mundo por ocasião do 90º aniversário da primeira revelação de Jesus a Santa Faustina Kowalska, ocorrida em 22 de fevereiro de 1931, no quarto da religiosa no convento de Płock (Polônia).

Assim disse o Santo Padre em uma carta ao Bispo de Płock, Dom Piotr Libera, com a qual expressou a sua proximidade espiritual aos fiéis que celebram este aniversário.

Na carta, o Pontífice compartilhou a alegria da Igreja em Płock e encorajou a que “este evento particular seja conhecido em todo o mundo e permaneça vivo no coração dos fiéis”.

Além disso, o Santo Padre recordou as palavras que Santa Faustina recebeu de Jesus e que escreveu em seu diário: “A humanidade não encontrará a paz enquanto não se voltar à fonte da minha misericórdia”.

Neste sentido, o Papa exortou todos os fiéis a pedir “a Cristo o dom da misericórdia” e a ter “a coragem de voltar a Jesus, de encontrar o Seu amor e misericórdia nos sacramentos” para experimentar “a Sua proximidade e ternura” para ser “mais capazes de misericórdia, paciência, perdão e amor”.

Por fim, o Santo Padre destacou na carta que São João Paulo II, o apóstolo da misericórdia, desejou que todos os habitantes da terra conheçam a mensagem do Amor misericordioso de Deus.

Para isso, citou as palavras do Papa polonês pronunciadas em 2002 durante uma visita à sua pátria: “É necessário transmitir ao mundo este fogo da misericórdia”, porque “na misericórdia de Deus o mundo encontrará a paz, e o homem a felicidade!”.

Nesse sentido, o Papa Francisco saudou os fiéis poloneses no final do Ângelus dominical de 21 de fevereiro e lembrou recordou o Santuário de Płock, na Polônia, “onde noventa anos atrás, o Senhor Jesus se manifestou à Santa Faustina Kowalska, confiando-lhe uma mensagem especial da Divina Misericórdia”.

O Pontífice sublinhou que “através de São João Paulo II, aquela mensagem chegou ao mundo inteiro” e acrescentou que a mensagem da Divina Misericórdia “não é outra coisa senão o Evangelho de Jesus Cristo, morto e ressuscitado, que nos dá a misericórdia do Pai”.

“Abramos os nossos corações a Ele, dizendo com fé: ‘Jesus, confio em Ti”, convidou o Santo Padre.

Publicado originalmente em ACI Stampa.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/papa-incentiva-em-uma-carta-a-divulgar-a-mensagem-da-divina-misericordia-42823

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.