Papa inaugura no Vaticano uma grande escultura dedicada a migrantes e refugiados

Segundo o site ACI Digital, o Papa Francisco apresentou neste domingo, 29 de setembro, na Praça de São Pedro, no Vaticano, uma grande escultura de bronze que representa um barco com migrantes e refugiados de todos os povos e épocas.

A escultura, situada junto à colunata barroca de Bernini, foi inaugurada ao finalizar a oração do Ângelus por ocasião do Dia Mundial do Migrante e do Refugiado.

O santo Padre assinalou que esta escultura tem como objetivo sublinhar “a necessidade de que ninguém seja excluído da sociedade, seja um cidadão residente de longa data ou alguém recém-chegado”.

A escultura, segundo explicou o Pontífice, é inspirada nas palavras da Carta aos Hebreus: “Não vos esqueçais da hospitalidade, pela qual alguns, sem o saberem, hospedaram anjo”.

“Esta escultura, em bronze e argila, retrata um grupo de migrantes de várias culturas e diferentes períodos históricos. Eu desejei essa obra artística aqui na Praça São Pedro, para que recorde a todos o desafio evangélico da acolhida”, destacou Francisco.

A escultura estava coberta por um tecido branco, que o Papa, ajudado por uma família migrada da República dos Camarões, retirou para descobrir a obra. Depois, o Bispo de Roma tocou o bronze e abençoou a escultura.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/papa-inaugura-no-vaticano-uma-grande-escultura-dedicada-a-migrantes-e-refugiados-59362

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.