Papa Francisco visitará Pietrelcina no centenário dos estigmas do Padre Pio

Segundo o ACI (20/12/2017), o Papa Francisco visitará Pieltrecina, lugar onde o Padre Pio nasceu, em março do próximo ano, por ocasião do centenário das aparições dos estigmas do santo italiano, e San Giovanni Rotondo, onde está a basílica, por ocasião dos 50 anos de sua morte.

O Vaticano divulgou o programa da visita do Pontífice que acontecerá no dia 17 de março de 2018. Às 7h (hora local), deixará o Vaticano e seguirá em helicóptero para Pieltrecina, onde será acolhido pelo Bispo da Diocese de Benevento, Dom Domo Masone, e pelo prefeito da cidade.

A sua primeira parada será na Capela dos Estigmas, onde rezará brevemente. Posteriormente, terá um encontro com os fiéis na Praça da Igreja. Além disso, saudará a Comunidade dos Capuchinhos e uma representação dos fiéis.

Às 9h, irá novamente de helicóptero para San Giovanni Rotondo, onde aterrissará meia hora depois e será recebido pelo Bispo, Dom Michele Castoro, e pelo prefeito da cidade.

Em seguida, será levado à área pediátrica oncológica do hospital local e, às 11h, celebrará uma Missa na praça da Igreja de São Pio de Pieltrecina.

Às 12h45 subirá ao helicóptero e voltará para Roma, onde chegará uma hora depois.

Sua vida

Pe. Francesco Forgione nasceu em Pietrelcina, província de Benevento, em 25 de maio de 1887. Os seus pais eram Horácio Forgione e Maria Giuseppa. Ele cresceu em uma família simples, mas, como ele mesmo disse certo dia, nunca lhe faltou nada.

Era uma criança muito sensível e espiritual. Foi batizado na igreja Santa Maria dos Anjos, fez a Primeira Comunhão e a Crisma. Nesse mesmo lugar, quando tinha cinco anos, teve uma visão do Sagrado Coração de Jesus. Posteriormente, começou ver aparições da Virgem Maria que durariam o resto da sua vida.

Ele entrou na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, em Morcone, em janeiro de 1903. Um dia antes de entrar no Seminário, teve uma visão de Jesus com a sua Santíssima Mãe.

Nesta visão, Cristo colocou a sua mão sobre o ombro do frade, dando-lhe coragem e força para seguir em frente. A Virgem Maria, por sua vez, falou suavemente e maternalmente com ele nas profundezas de sua alma.

Foi ordenado sacerdote em 10 de agosto de 1910 na Catedral de Benevento. Em fevereiro daquele ano, mudou-se para San Giovanni Rotondo, onde permaneceu até sua morte, em 23 de setembro de 1968.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/papa-francisco-visitara-pietrelcina-no-centenario-dos-estigmas-do-padre-pio-23753/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.