Papa Francisco explica a importância do senso de humor

sorrindopapaSegundo o ACI Digital (22/11/2016), uma das características do Papa Francisco é, sem dúvida, seu senso de humor. Em uma nova entrevista, o Santo Padre explica por que acha importante esta atitude.

No diálogo com a TV2000, perguntam ao Pontífice: “Santidade, o senhor disse que a atitude humana mais próxima à graça divina é o humor: uma afirmação que pode parecer um pouco estranha na boca de um Papa. Por quê? Talvez porque seja necessário ter recebido uma grande graça, um grande dom para ser capaz de rir dos próprios defeitos?”.

Esta foi a resposta completa do Papa Francisco:

“O senso de humor é uma graça que eu peço todos os dias e rezo esta linda oração de São Tomás More: ‘Dá-me Senhor, o senso de humor’; que eu saiba rir ante uma brincadeira. É muito bonita essa oração.

Porque o senso de humor te conduz, faz entender que a vida é passageira e enfrentar as coisas com um espírito de alma redimida. É uma atitude humana, mas a mais próxima da graça de Deus.

Conheci um sacerdote – um grande sacerdote, um grande pastor –, que tinha um grande senso de humor, mas fazia muito bem para ele, porque aliviava as coisas: ‘O absoluto é Deus, mas isto se organiza, se puder… fique tranquilo…’: mas sem dizê-lo, sabia transmiti-lo, com o senso de humor.

E dele se dizia: ‘Mas este sabe rir dos outros, de si mesmo, também da sua própria sombra’. É essa capacidade de ser uma criança ante Deus. Louvar ao Senhor com um sorriso e também uma brincadeira bem feita.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/papa-francisco-explica-a-importancia-do-senso-de-humor-58438/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.