Papa Francisco diz estar com saudades do Brasil e pede que confiem na Virgem Aparecida

Segundo o ACI (12/10/2017), o Papa Francisco enviou uma mensagem aos brasileiros por ocasião dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, na qual disse estar com saudades do Brasil e exortou os brasileiros a não desanimarem diante das dificuldades, confiarem em Deus e em sua Padroeira.

“Em 1717, quando foi retirada das águas pelas mãos daqueles pescadores, a Virgem Mãe Aparecida já os inspirou a confiar em Deus que sempre nos surpreende”, recordou o Pontífice em uma vídeomensagem transmitida no início da Missa Solene na manhã desta quinta-feira, no Santuário Nacional de Aparecida.

“Peixes em abundância, graça derramada de modo concreto na vida dos que estavam temerosos diante dos poderes estabelecidos. Deus os surpreendeu. Pois Aquele que nos criou com amor infinito, nos surpreende sempre! Deus nos surpreende sempre!”, acrescentou.

Papa Francisco dirigiu sua saudação e bênção a todos os brasileiros, “que estão vivendo em Cristo Jesus o Ano Mariano do Jubileu dos 300 anos do encontro da Imagem da Virgem Mãe Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul”.

O Pontífice recordou que em 2013, em sua primeira viagem apostólica internacional, teve “a alegria e a graça de estar no Santuário de Aparecida e rezar aos pés de Nossa Senhora, confiando-lhe o meu pontificado e lembrando o povo brasileiro com a acolhida tão calorosa, que vem do seu abraço e coração generoso”.

“Naquela ocasião, inclusive – recordou –, manifestei meu desejo de estar com vocês no ano jubilar; mas a vida de um Papa não é fácil. Por isso, quis nomear o Cardeal Giovanni Battista Re como Delegado Pontifício para as celebrações do dia 12 de outubro. Confiei a ele a missão de garantir assim a presença do Papa entre vocês!”.

Porém, “ainda que não esteja fisicamente presente”, o Santo Padre quis manifestar seu “carinho por este povo querido, devoto da Mãe de Jesus”.

“O que deixo aqui são simples palavras, mas desejo que vocês as recebam como um fraterno abraço nesse momento de festa”.

Nesse sentido, lembrou as palavras ditas quando esteve em Aparecida, em 2013, quando indicou que, em Aparecida, “aprendemos a conservar a esperança, a deixar-nos surpreender por Deus e a viver na alegria”.

“Esperança, querido povo brasileiro, é a virtude que deve permear os corações dos que creem, sobretudo, quando ao nosso redor as situações de desespero parecem querer nos desanimar. Não se deixem vencer pelo desânimo”, expressou, incentivando: “Confiem em Deus, confiem na intercessão de Nossa Senhora Aparecida”.

Para Francisco, “no Santuário de Aparecida e em cada coração devoto de Maria podemos tocar a esperança que se concretiza na vivência da espiritualidade, na generosidade, na solidariedade, na perseverança, na fraternidade, na alegria que, a sua vez, são valores que encontram a sua raiz mais profunda na fé cristã”.

E neste jubileu, ressaltou o Santo Padre, todos são convidados a ser “alegres e agradecidos”. “E que essa alegria que irradia dos seus corações transborde e alcance cada canto do Brasil, especialmente as periferias geográficas, sociais e existenciais que tanto anseiam por uma gota de esperança”.

“O singelo sorriso de Maria, que conseguimos vislumbrar em sua imagem, seja fonte do sorriso de cada um de vocês diante das dificuldades da vida. O cristão jamais pode ser pessimista”, sublinhou.

Nesse sentido, lançou ainda um chamado a que todos sejam discípulos missionários, pois, “juntos, de perto ou de longe, formamos a Igreja, Povo de Deus”.

“Cada vez que colaboramos, ainda que de maneira simples e discreta, com o anúncio do Evangelho, tornamo-nos, assim como Maria, um verdadeiro discípulo e missionário. E, o Brasil, hoje, necessita de homens e mulheres que, cheios de esperança e firmes na fé, deem testemunho de que o amor, manifestado na solidariedade e na partilha, é mais forte e luminoso que as trevas do egoísmo e da corrupção”.

Por fim, ao pedir que os brasileiros continuem rezando por ele e garantir suas orações pelo Brasil, o Papa Francisco concluiu: “Com saudades do Brasil, com saudades do Brasil, concedo-lhes a Bênção Apostólica, pedindo a Nossa Senhora Aparecida que interceda por todos nós!”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/papa-francisco-diz-estar-com-saudades-do-brasil-e-pede-que-confiem-na-virgem-aparecida-17402/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.