Papa Francisco: As guerras são criadas para adorar o deus dinheiro

missaSegundo o site ACI Digital (27/10/2016), o Papa Francisco criticou durante a homilia da Missa na manhã de hoje, os adoradores do dinheiro que favorecem as guerras assim como o tráfico de pessoas e o tráfico de armas.

Deste modo, o Papa Francisco explicou o Evangelho do dia no qual Jesus em Jerusalém diz: “Quantas vezes tive que reunir os teus filhos como a galinha acolhe seus pintinhos sob as asas e vocês não quiseram!”.

“Também hoje diante das calamidades, das guerras que surgem para ‘adorar o deus dinheiro’, dos tantos inocentes mortos pelas bombas lançadas pelos adoradores do ídolo dinheiro, também o Pai chora, também hoje diz: ‘Jerusalém, Jerusalém, filhos meus, o que estão fazendo?’. E o diz às pobres vítimas e também aos traficantes de armas e a todos aqueles que vendem a vida das pessoas. Vai nos fazer bem pensar que o nosso Deus Pai se fez homem para poder chorar; e que nosso Deus Pai hoje chora: chora por esta humanidade que não consegue entender a paz que Ele nos oferece, a paz do amor”.

Francisco recordou que Jesus já se preparava para morrer: “Alguém disse que Deus se fez homem para poder chorar, chorar aquilo que fizeram a seus filhos. O choro diante da tumba de Lázaro é aquele do amigo. Este é o choro do Pai”.

O Santo Padre também recordou o Pai da Parábola do filho pródigo, quando o filho lhe pede a herança e vai embora. “Aquele pai está seguro, não procurou os vizinhos para dizer: ‘Olha o que me aconteceu! O que este pobre desgraçado me fez! Mas eu amaldiçoo este filho…’. Não, não fez isso. Tenho certeza, talvez tenha ido chorar sozinho”.

Outro momento que o Pontífice refletiu foi quando Jesus foi com a cruz ao Calvário, onde acontece um “choro de pai e de mãe que Deus também hoje chora”, explicou.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/papa-francisco-as-guerras-sao-criadas-para-adorar-o-deus-dinheiro-99707/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.