Papa Francisco: A Confirmação não é o “sacramento do adeus”

Papa-Francisco_-Angelus-2014O site ACI Digital informou ontem (09/01/2017) que depois da oração do Ângelus de domingo na Praça de São Pedro, o Papa Francisco aproveitou sua saudação a um grupo de jovens italianos para explicar que a Confirmação ou Crisma “não é o sacramento do adeus”.

O Santo Padre se dirigiu de maneira especial a um grupo de peregrinos de Cagliari, aos quais convidou a “prosseguir no caminho que começaram com o Sacramento da Confirmação”.

“Agradeço também a eles porque me oferecem a ocasião de frisar que a Confirmação ou Crisma não é apenas um ponto de chegada uma meta – como alguns dizem, o ‘sacramento do adeus’ não! –, mas é, sobretudo, um ponto de partida na vida cristã”.

O Pontífice se referiu a um “costume” de muitos fiéis na Itália e outras partes do mundo que com o sacramento da Confirmação se “despedem” da Igreja e abandonam a vida de fé, especialmente durante a adolescência.

Em seguida, o Papa incentivou os jovens a não considerar a Confirmação como uma despedida e a seguir “adiante com a alegria do Evangelho”.

O numeral 1285 do Catecismo da Igreja Católica explica que “com o Batismo e a Eucaristia, o sacramento da Confirmação constitui o conjunto dos ‘sacramentos da iniciação cristã’, cuja unidade deve ser salvaguardada”.

Os batizados, indica o texto, “pelo sacramento da Confirmação, são vinculados mais perfeitamente à Igreja, enriquecidos com uma força especial do Espírito Santo”.

“Deste modo, ficam mais estritamente obrigados a difundir e a defender a fé por palavras e obras, como verdadeiras testemunhas de Cristo”.

Nesse sentido, o numeral 1317 indica que “a Confirmação, assim como o Batismo, imprime na alma do cristão um sinal espiritual ou caráter indelével; é por isso que só se pode receber este sacramento uma vez na vida”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/papa-francisco-a-confirmacao-nao-e-o-sacramento-do-adeus-51964/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.