Papa censura o mundo que desvia o olhar diante do martírio dos cristãos

Segundo o ACI (18/11/2018), o Papa Francisco censurou o mundo por desviar o olhar “diante da situação dramática dos cristãos perseguidos e assassinados que aumenta cada vez mais”.

Diante dos membros da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém, aos quais recebeu em audiência no Vaticano na manhã de sexta-feira, 16 de novembro, por ocasião da sua assembleia geral realizada em Roma, o Santo Padre afirmou que, além do seu martírio de sangue, “há também o ‘martírio branco’, como o que acontece em países democráticos, quando a liberdade de religião é limitada”.

Em sua audiência, o Pontífice também refletiu sobre a missão desta Ordem: “Não se esqueçam de que não são uma agência filantrópica, que promove uma melhoria material e social dos destinatários. Vocês são chamados a pôr ao centro e como objetivo final das suas obras, o amor evangélico ao próximo, a fim de testemunhar, em todos os lugares, a bondade e o cuidado de Deus por todos”.

O Papa destacou o importante trabalho educativo e na área da saúde que a Ordem realiza na Terra Santa: “É um bom sinal que suas iniciativas no campo da formação e da assistência no campo da saúde estejam abertas a todos, independentemente das comunidades a que pertencem e das confissões religiosas”.

Deste modo, “ajudam a aplainar o caminho para o conhecimento dos valores cristãos, a promoção do diálogo inter-religioso, o respeito mútuo e a mútua compreensão. Em outras palavras, através do compromisso de vocês, contribuem para a construção do caminho para a conquista da paz em toda a região”.

Em seu discurso, o Santo Padre destacou a importância da formação espiritual nas ações pastorais da Ordem. “O crescimento contínuo da Ordem depende do seu compromisso incessante e sempre renovado. Para isso, é importante não esquecer que o objetivo principal da sua Ordem é o crescimento espiritual de seus membros”.

Portanto, “qualquer sucesso das suas iniciativas não pode ser separado de programas apropriados de formação religiosa dos cavaleiros e damas, a fim de consolidar a sua relação essencial com o Senhor Jesus, especialmente na oração, na meditação das Sagradas Escrituras e no aprofundamento da doutrina da Igreja”.

“Sobretudo, a obrigação de vocês, líderes, é dar exemplo de intensa vida espiritual e adesão concreta ao Senhor: para que possam oferecer um serviço válido de autoridade a todas as pessoas que dependem de vocês”, concluiu.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/papa-censura-o-mundo-que-desvia-o-olhar-diante-do-martirio-dos-cristaos-86691

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.