Papa afirma que a fé em Cristo é incompatível com a idolatria

Segundo o site ACI, o Papa Francisco recordou que a fé cristã é incompatível com a magia e outras práticas idólatras.

Assim o afirmou em sua catequese durante a Audiência Geral realizada na Praça de São Pedro, no Vaticano, nesta quarta-feira, 4 de dezembro.

O Papa chamou a atenção para o sucesso de São Paulo em sua pregação, especificamente, durante sua permanência na cidade de Éfeso. Lá, “doze homens recebem o batismo em nome de Jesus e experimentam a efusão do Espírito Santo”.

Depois, “vários são os milagres que se realizam por meio do Apóstolo: os doentes ficam curados e os possuídos são libertados”. Francisco enfatizou que “isso acontece porque o discípulo se assemelha de seu Mestre e o torna presente comunicando aos irmãos a mesma vida nova recebida dele”.

“A força de Deus que se manifesta em Éfeso tira a máscara de quem quer usar o nome de Jesus para fazer exorcismos, mas sem ter a autoridade espiritual para fazê-lo, e revela a fraqueza das artes mágicas, que são abandonadas por um grande número pessoas que escolhem Cristo”.

Francisco contextualizou esse fenômeno e definiu-o como uma “reviravolta” em uma cidade como Éfeso, que naquela época “era um famoso centro para a prática da magia”.

No livro dos Atos dos Apóstolos, São Lucas “sublinha a incompatibilidade entre a fé em Cristo e a magia. Se você escolhe Cristo não pode recorrer ao mago: a fé é abandono confiante nas mãos de um Deus confiável que se mostra não através de práticas ocultas, mas por meio da revelação e do amor gratuito”.

Esse êxito do Evangelho em Éfeso, graças à pregação de São Paulo, causa danos comerciais entre os artesãos que fabricavam estátuas de prata da deusa Ártemis, cujo templo principal ficava nesta cidade.

O Santo Padre explicou que, ao ver como a atividade comercial diminuía, produzindo grandes perdas de dinheiro devido ao abandono do culto de Ártemis pelos efésios cristianizados, os ourives e outros artesãos organizaram uma manifestação contra Paulo.

“Os cristãos são acusados de terem colocado em crise a categoria de artesãos, o santuário de Ártemis e o culto a essa deusa. O povo entrou em tumulto, mas o chanceler consegue acalmar a multidão convidando os artesãos para irem aos tribunais”.

Diante dessa situação, Paulo deixou Éfeso e foi para Jerusalém passando por Mileto, onde chamou os anciãos da Igreja de Éfeso. Ele os exorta a permanecer vigilantes: “Vigiem a si mesmos e todo o rebanho, no meio do qual o Espírito Santo os constituiu como custódios para serem pastores da Igreja de Deus”.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/papa-afirma-que-a-fe-em-cristo-e-incompativel-com-a-idolatria-69243

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.