Padre Pio: Conheça a imagem do Menino Jesus à qual rezava todos os dias

Segundo o ACI Digital (14/12/2018), o Santo Padre Pio de Pietrelcina era muito devoto de uma imagem especial do Menino Jesus que tinha em sua cela em San Giovanni Rotondo, onde vivia.

O santo dos estigmas a chamava de Bambinello dei baci (Menininho dos beijos), porque todas as vezes que estava diante dele, beijava-o e rezava.

A imagem mede 60 centímetros de altura e é feita de uma única peça de madeira. Tem três dedos da mão direita erguidos e n mão esquerda sustenta uma chama de ouro. É revestida com uma túnica que o cobre até os pés. Também tem uma coroa na qual está escrita a frase Cuor del Mondo (Coração do Mundo).

Segundo informa ACI Stampa (agência em italiano do Grupo ACI), a imagem pode ser exposta em alguns lugares da Itália, graças a Carlo Campanini. Sua filha, Maria Pia, que custodia a estátua, conta que seu “pai frequentava San Giovanni Rotondo e, quando ia se encontrar com o frade de Pietrelcina em seu local de clausura, via na cela este belo Menino Jesus”.

Na primavera de 1966, Carlo comentou ao santo a ideia de tirar a imagem deste lugar de oração para levá-la “ao mundo”.

Maria Pia relata que o frade “não pensou duas vezes e a presentou. Desde então, minha família a tem sob sua custódia”.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/padre-pio-conheca-a-imagem-do-menino-jesus-a-qual-rezava-todos-os-dias-95257

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.