Os pequenos Mártires da América

Um fato marcante da evangelização nos novos continentes foi a força com que os martírios logo surgiram. No México, as crianças foram martirizadas em 1527 e 1529 em Tlaxcala no México.

As crianças Cristóbal, Antônio e Juan estão entre os primeiros nativos da etnia americana convertidos à fé católica e os primeiros a derramarem seu sangue por Cristo neste continente. Cristóbal nasceu provavelmente no ano de 1514, Antônio e Juan por volta de 1516; por isso, o Bispo de Tlaxcala decretou que em 2015 se celebrasse o V centenário de seu nascimento.

“As crianças mártires de Tlaxcala são mártires de toda a América Latina, os primeiros a testemunhar a fé, por isso, nada melhor do que comemorar seus 500 anos no estado de Tlaxcala”, disse o Bispo de Tlaxcala, Francisco Moreno Barrón. São João Paulo II beatificou as crianças mártires dia 06 de maio de 1990 na Basílica de Guadalupe, durante sua segunda visita pastoral ao México. Cristóbal morreu em 1527, Antônio e Juan, em 1529. Eles foram mortos porque em nome da fé católica, rejeitaram a idolatria e a poligamia.

Prof. Felipe Aquino

Retirado do Livro: História da Igreja – Idade Moderna e Contemporânea

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.