O encontro de culturas enriquece, assegurou o Papa no Dia do Migrante

InmigrantesMexicanos_TwitterTheLIPTV-_150116O site ACI Digital informou hoje (16/01/2017) que no Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, celebrado no domingo, 15 de janeiro, sob o tema “Migrantes de menor idade, vulneráveis e sem voz”, o Papa Francisco sublinhou que “estes pequenos irmãos, especialmente quando desacompanhados, estão expostos a muitos perigos”.

Depois da oração do Ângelus, o Pontífice assegurou que “é necessário adotar todas as medidas possíveis para garantir proteção, defesa e integração para as crianças migrantes”.

Por sua vez, dirigiu uma saudação especial aos “representantes de comunidades étnicas aqui presentes”. “Queridos amigos, desejo que possam viver com serenidade nas localidades que os acolhem, respeitando suas leis e tradições e, ao mesmo tempo, mantendo os valores de suas culturas originais”, acrescentou.

“O encontro entre culturas diferentes é sempre um enriquecimento para todos!”, disse, ao recordar em seguida Santa Francisca Cabrini: “Esta religiosa, corajosa, dedicou sua vida e levar o amor de Cristo àqueles que estavam distantes de suas pátrias e famílias. Que seu testemunho nos ajude a cuidar do irmão estrangeiro, no qual Jesus está presente, e que muitas vezes sofre, é humilhado e repelido”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/o-encontro-de-culturas-enriquece-assegurou-o-papa-no-dia-do-migrante-64794/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.