O cristianismo não é “filosofia de vida”, mas uma mensagem de Deus, diz o Papa

PapaFrancisco_LOR010516Segundo o site ACI Digital (07/11/2016), em sua mensagem antes da Oração do Ângelus, o Papa Francisco disse que “se não houvesse nenhuma referência ao Paraíso e à vida eterna, o cristianismo seria simplesmente uma ética, uma filosofia de vida”. Mas, ao contrário, “a mensagem da fé cristã vem do céu, foi revelada por Deus e vai além deste mundo”.

Sob uma chuva forte, uma multidão de peregrinos se reuniu na Praça de São Pedro, no Vaticano, para escutar as palavras do Santo Padre.

O Papa recordou como Jesus respondeu aos saduceus, que não acreditavam na ressurreição, tentando colocá-lo em apuros e ridicularizar a ressurreição: “Eles apresentam um caso paradoxal e absurdo: uma mulher que teve sete maridos, todos eles eram irmãos, e foram morrendo um depois do outro. E então eles fizeram uma pergunta maliciosa a Jesus, na ressurreição, aquela mulher será esposa de quem?”.

No entanto, “Jesus não caiu na armadilha e reafirma a verdade da ressurreição, explicando que a existência após a morte será muito diferente da existência na Terra. Deixou claro aos seus interlocutores que não é possível aplicar as categorias deste mundo para a realidade do além, uma realidade maior do que vemos nesta vida”.

A resposta de Jesus é muito clara: “Os filhos deste mundo se casam e se dão em casamento, mas os que serão julgados dignos do século futuro e da ressurreição dos mortos não terão mulher nem marido”.

Com estas palavras, disse o Papa, “Jesus quer explicar que, neste mundo vivemos uma realidade temporária, esta tem um final. No entanto, no além, depois da ressurreição, não teremos a morte como um horizonte e viveremos tudo, inclusive os laços humanos, na dimensão de Deus, em uma dimensão transfigurada”.

“Mesmo o casamento, sinal e instrumento do amor de Deus neste mundo, resplandecerá transformado em plena luz da comunhão gloriosa dos santos no Paraíso”.

“A vida dos ressuscitados será semelhante à vida dos anjos – continuou Francisco –, ou seja, totalmente imersa na luz de Deus, inteiramente dedicada ao seu louvor, em uma eternidade cheia de alegria e de paz. Mas, atenção! A ressurreição não é apenas o fato de ressuscitar depois da morte, mas é um novo gênero de vida que já experimentamos hoje; é a vitória sobre o qual já estamos desfrutando”.

Depois do Ângelus, o Papa Francisco mencionou os 38 mártires beatificados no último sábado, na Albânia, vítimas da “dura perseguição do regime ateu que dominou o país por um longo período de tempo no século passado. Eles preferiram sofrer na prisão, a tortura e a morte, para permanecer fiéis a Cristo e à Igreja”.

“Seu exemplo nos ajuda a encontrar fortaleza no Senhor, que nos sustenta nos momentos de dificuldade e nos inspira atitudes de bondade, perdão e paz”, disse.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/o-cristianismo-nao-e-filosofia-de-vida-mas-uma-mensagem-de-deus-diz-o-papa-17684/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.