No atual contexto falar de esperança poderia parecer uma provação, adverte o Papa

Segundo o ACI (12/02/2021), em sua mensagem para a Quaresma de 2021, o Papa Francisco encorajou a renovar a esperança, a fé e a caridade, apesar das preocupações no atual período incerto causado pela Covid-19.

“No contexto de preocupação em que vivemos atualmente onde tudo parece frágil e incerto, falar de esperança poderia parecer uma provocação. O tempo da Quaresma é feito para ter esperança, para voltar a dirigir o nosso olhar para a paciência de Deus, que continua a cuidar da sua Criação, não obstante nós a maltratarmos com frequência”, disse o Papa.

A mensagem do Papa para a Quaresma de 2021 intitula-se: “Vamos subir a Jerusalém…” (Mt 20, 18). Quaresma: tempo para renovar fé, esperança e caridade” e foi publicada pelo Vaticano em 12 de fevereiro.

No texto, o Santo Padre convidou nesta Quaresma a estar “mais atentos a dizer palavras de incentivo, que reconfortam, consolam, fortalecem, estimulam, em vez de palavras que humilham, angustiam, irritam, desprezam”.

“Às vezes, para dar esperança, basta ser uma pessoa amável, que deixa de lado as suas preocupações e urgências para prestar atenção, oferecer um sorriso, dizer uma palavra de estímulo, possibilitar um espaço de escuta no meio de tanta indiferença”, acrescentou.

Além disso, o Pontífice destacou que “viver uma Quaresma com esperança significa sentir que, em Jesus Cristo, somos testemunhas do tempo novo em que Deus renova todas as coisas”, acrescentando que “significa acolher a esperança de Cristo, que dá a sua vida na cruz e Deus ressuscita ao terceiro dia, sempre dispostos a dar a razão da [nossa] esperança a todo aquele que [no-la] peça”.

Esperança na reconciliação

Neste sentido, o Santo Padre animou a ter esperança na reconciliação com Deus porque “recebendo o perdão no Sacramento que está no centro do nosso processo de conversão, tornamo-nos, por nossa vez, propagadores do perdão: tendo-o recebido nós próprios, podemos oferecê-lo através da capacidade de viver um diálogo solícito e adotando um comportamento que conforta quem está ferido”, por isso “o perdão de Deus, através também das nossas palavras e gestos, possibilita viver uma Páscoa de fraternidade”.

“Que Maria, Mãe do Salvador, fiel aos pés da cruz e no coração da Igreja, nos ampare com a sua solícita presença, e a bênção do Ressuscitado nos acompanhe no caminho rumo à luz pascal”, concluiu o Papa.

Para ler a mensagem completa do Papa Francisco, clique AQUI.

Publicado originalmente por ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/no-atual-contexto-falar-de-esperanca-poderia-parecer-uma-provacao-adverte-o-papa-75085

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.