Museus Vaticanos serão reabertos no dia 3 de maio

A decisão acontece após o local ter sido fechado por três vezes desde o ano passado, por conta da pandemia de Covid-19.

Segundo o site Gaudium Press (08/04/2021), um novo decreto publicado pela Santa Sé autoriza a reabertura dos Museus do Vaticano. A decisão acontece após o local ter sido fechado por três vezes desde o ano passado, por conta da pandemia de Covid-19.

A reabertura será realizada na primeira segunda-feira do mês de maio, dia 03. Os visitantes terão que seguir um código de conduta rígido no qual se destaca a reserva obrigatória, a pontualidade nos horários de acesso, o uso de máscaras e o respeito ao distanciamento de mais de um metro.

Jardins Vaticanos também serão reabertos

A reserva deverá ser feita diretamente no website oficial dos Museus Vaticanos. A página web também apresenta as novas normas e procedimentos para as visitas durante este tempo de pandemia.

Os Jardins Vaticanos também voltarão a ser abertos, sempre seguindo os critérios de segurança já estabelecidos. No website vaticano também se adverte que os visitantes que não sigam as disposições, colocando em risco a saúde dos demais, poderão ser obrigados a abandonar os Museus.

Aumento de acessos ao site e redes sociais dos Museus Vaticanos

Durante o período em que os museus permaneceram fechados, houve um grande aumento nos acessos ao site, YouTube e outras redes sociais dos Museus Vaticanos. “O uso das redes sociais é um meio que, de acordo com a análise que realizamos, funciona muito bem durante o fechamento rígido, um pouco menos quando estamos abertos. Esperamos abrir e que as duas coisas possam viajar paralelamente”, explicou a diretora dos Museus Vaticanos, Barbara Jatta. (EPC)

Fonte: https://gaudiumpress.org/content/museus-vaticanos-serao-reabertos-no-dia-3-de-maio/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.