Museu de Arte Sacra de SP restaura imagens vandalizadas em Osasco

O ataque danificou sete imagens, entretanto, apenas seis foram encaminhadas ao Museu de Arte Sacra, uma vez que a imagem de Santa Cecília não poderá ser restaurada pois ficou muito destruída.

Segundo o Gaudium Press (10/05/2021), as imagens da Igreja Nossa Senhora dos Remédios, em Osasco, que foram alvo de vândalos no dia 3 de maio, estão sendo restauradas pelo Museu de Arte Sacra de São Paulo.

Restauração das imagens durará pelo menos um ano

O ataque danificou um total de sete imagens, entretanto, apenas seis foram encaminhadas para um espaço temporário do Museu de Arte Sacra, uma vez que a imagem de Santa Cecília não poderá ser restaurada pois ficou muito destruída.

Segundo o restaurador João Rossi, as peças estão passando por uma análise na qual se verificará a possibilidade de restauro. O objetivo é deixá-las com a aparência original. Calcula-se que esse processo de restauração dure pelo menos um ano.

Quinze pessoas participam dos trabalhos de restauração das imagens

“É possível que essas peças tenham restauro sim, vamos nos empenhar para isso, principalmente a imagem da padroeira Nossa Senhora dos Remédios, que é símbolo do bairro. A imagem de Santa Cecília não veio para o museu justamente por conta do seu estado de conservação, uma peça que foi muito danificada, mais de 90% e não há possibilidade de restauro”, comentou Rossi em entrevista ao G1.

As imagens foram produzidas em gesso, exceto a de Santo Ubaldo, proveniente da Itália, que é toda de madeira. Os trabalhos de restauração contarão com a participação de quinze pessoas, entre restauradores e voluntários. A imagem da padroeira, Nossa Senhora dos Remédios, será a primeira a ser restaurada. (EPC)

Fonte: https://gaudiumpress.org/content/museu-de-arte-sacra-de-sp-restaura-imagens-vandalizadas-em-osasco/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.