Missão Belém: Apostolado que evangeliza e oferece lar a dependentes químicos e indigentes

Conforme o site ACI, há 14 anos, a Missão Belém, um apostolado fundado na cidade São Paulo (SP), trabalha diariamente com pessoas que vivem em situação de rua, não apenas fornecendo moradia, mas também levando o Evangelho de Cristo para suas novas vidas.

O lema do apostolado é: “Ser uma família para quem não tem família”.

Atualmente, a Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (ACN) apoia esta obra, fornecendo material de evangelização por um período de quatro anos.

Segundo informações enviadas ao Grupo ACI por ACN, na cidade de São Paulo existem mais de 25 mil pessoas em situação de rua. Por esse motivo, em 2005, Pe. Gianpietro Carraro e Irmã Cacilda da Silva Leste fundaram a Missão Belém com o carisma de “se encarnar no meio dos pobres para que Deus possa alcançá-los de forma mais profunda”.

Embora a Missão Belém tenha começado seu trabalho nas ruas, pouco tempo depois seus membros perceberam que precisavam oferecer moradia para homens e mulheres, crianças e idosos que não tinham teto. Mas não conseguiram apenas o objetivo anterior, mas também se preocuparam em “tirá-los de uma vida marcada pelas drogas, violência e abusos”, diz a ACN.

Em declaração à fundação pontifícia, Pe. Gianpietro enfatiza que a obra não é apenas “assistencialismo”, mas “uma obra de evangelização”.

“Jesus curava, pregava, abençoava e permanecia com o povo, assim é a Missão Belém. Quando alguém vem para as nossas casas, ela já foi tocada por Deus, porque é muito difícil alguém deixar as ruas e as drogas por outro motivo. Nesses 14 anos, 1.500 pessoas que ainda não eram batizadas escolheram por ser batizadas”, contou o presbítero.

As pessoas acolhidas nas casas da Missão Belém participam de um retiro e recebem um livreto mensal com o Evangelho do dia, uma meditação da Palavra e um espaço para escrever sobre como está vivendo o Evangelho.

A ACN explica que, através deste material, muitos acolhidos são alfabetizados. A fundação pontifícia também subsidia a doação do YouCat, o catecismo para jovens, que cada acolhido recebe após um período de seis meses.

Uma das pessoas que recebeu ajuda da Missão Belém é Rafael de Jesus, uma pessoa que, como consequência de vários sofrimentos durante a infância, caiu em um mundo de violência, drogas e crime. Depois de sair da prisão, viveu por seis anos nas ruas, viciado em crack e comendo lixo.

“Quando cheguei à Missão Belém, ninguém perguntou o que eu fiz de errado, mas me abraçaram, me deram um sorriso e me ofereceram comida, banho e uma roupa nova – eu estava com a mesma roupa e sem um banho já há pelo menos dois meses. Eu sabia que Deus era misericórdia, mas não sabia que era tanta assim! Porque eu tive muitas chances e desperdicei. Eu tinha a convicção de que eu já era. Achei que Deus já tinha tirado a mão de mim e que eu iria morrer largado na rua”, contou o homem.

Atualmente, Rafael é ministro da eucaristia e planeja se casar. “Sinto-me humano de novo”, disse à ACN.

Por sua parte, Pe. Gianpietro agradeceu aos benfeitores pela ajuda prestada.

“É maravilhoso sentir que na Igreja somos um só. Nós estamos na rua e, ao mesmo tempo, existe uma pessoa, muitas vezes simples, que está lá longe, que talvez não pode nem sair de casa e que dá a sua contribuição. É maravilhoso porque esse benfeitor se torna um instrumento real de evangelização. Se não tivéssemos Bíblias e material para catequese, como iríamos fazer?”, expressou.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/missao-belem-apostolado-que-evangeliza-e-oferece-lar-a-dependentes-quimicos-e-indigentes-99978

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.