Mais de 2 milhões de devotos lotam as ruas de Belém no Círio de Nazaré

Segundo o ACI (09/10/2017), a maior procissão do Brasil e uma das maiores do mundo aconteceu no domingo, 8 de outubro, no Círio de Nazaré, em Belém, reunindo mais de 2 milhões de devotos pelas ruas da capital paraense, no percurso que sai da catedral da Sé com destino à Praça Santuário de Nazaré.

Nossa Senhora, abençoa povo que te segue pelas ruas e pelas redes sociais 🙌. A berlinda já subiu a Av. Presidente Vargas e entrou na Av. Nazaré!Foto: Matheus Freire / Agência Eko

Posted by Círio de Nazaré – Oficial on Sunday, October 8, 2017

Neste ano, em sua 225ª edição, o Círio de Nazaré teve como tema “Maria, Estrela da Evangelização” e durou cerca de cinco horas em um percurso de 3,6 km.

Durante o trajeto, os milhares de fiéis expressaram sua fé de diferentes formas. Muitos se aglomeraram para conseguir um lugar junto à corda de 600kg e 400m, feita de sisal. Outros levaram objetos que representam o motivo pelo qual pedem a intercessão da Virgem ou agradecem por graças alcançadas. Há ainda aqueles seguiram de joelhos, em um grande esforço físico que foi acompanhado por voluntários que prestam auxílio.

Promesseiros chegam à Praça Santuário 🙏

Posted by Círio de Nazaré – Oficial on Sunday, October 8, 2017

Entretanto, independente de como acompanham o Círio, todos têm em comum a fé e devoção na Rainha da Amazônia, como é conhecida Nossa Senhora de Nazaré.

Entre os milhares de fiéis, estava o professor universitário Diogo Miranda, que contou ao Portal Amazônia sobre a emoção de participar da festa, “não só pelo momento cultural, que é reunir a família, receber parentes em casa, pelo convívio”, mas sim “pela ligação que a fé nos proporciona”.

“Esse ano de maneira muito especial, foi um ano de muitas provações e muitas graças: desemprego e novos trabalhos, doenças e tratamentos. O que para muitos poderia ser acaso, para mim e para minha família é uma oportunidade de olhar para as coisas e, à luz da fé, enxergar que Deus, por meio de Nossa Senhora de Nazaré, nos concede graça, para lutar contra as dificuldades e celebrar as vitórias”, expressou o devoto.

O Círio de Nazaré, que sempre acontece no segundo domingo de outubro, teve início com a alvorada. Às 5h, o Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira, presidiu a Santa Missa na Catedral, concelebrada pelos Bispos Auxiliares Dom Irineu Roman e Dom Antônio Dias, além de outros bispos da região.

O trajeto passou pela Praça do Relógio, Av. Portugal, Boulevard Castilhos França, Av. Presidente Vargas e Av. Nazaré até a Praça Santuário. Pelo caminho, houve momentos em que os devotos realizaram chuvas de papel picado, pétalas de rosas e muitas outras homenagens.

A Padroeira dos Paraenses segue em procissão, recebendo muitas homenagens ao longo do trajeto.Viva Nossa Senhora de Nazaré, viva!!!Fotos – Agência Eko#CirioOficial#Cirio2017

Posted by Círio de Nazaré – Oficial on Sunday, October 8, 2017

Após a chegada à Praça Santuário, uma Missa foi presidida pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assis Ribeiro, e concelebrada pelos Padres Giovanni Incampo e Luiz Carlos Nunes Gonçalves.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/mais-de-2-milhoes-de-devotos-lotam-as-ruas-de-belem-no-cirio-de-nazare-37409/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.