Jaú é a mais nova diocese brasileira e seu primeiro bispo é dom Francisco Carlos

Segundo o ACI Digital (26/06/2024), o Brasil ganhou nesta quarta-feira (26) mais uma diocese, a diocese de Jaú, que foi criada pelo papa Francisco no Estado de São Paulo. O primeiro bispo da diocese é dom Francisco Carlos da Silva, atual bispo de Lins (SP). A partir de agora, Jaú será desmembrada da diocese de São Carlos (SP) e terá como território diocesano os seguintes municípios: Jaú, Bariri, Barra Bonita, Bocaina, Borborema, Brotas, Dois Córregos, Ibitinga, Itaju, Itápolis, Itapuí, Mineiros do Tietê, Nova Europa, Tabatinga, Torrinha.

Com a criação da diocese de Jáu, o Brasil passa a ter 220 dioceses e 280 circunscrições eclesiásticas.

Dom Francisco Carlos da Silva nasceu no dia 30 de setembro de 1955, em Tabatinga (SP) e foi ordenado padre no dia 11 de dezembro de 1982 na diocese de São Carlos (SP).

Em 19 de setembro de 2007, o então papa Bento XVI o nomeou a bispo de Ituiutaba (MG). Nesta época, ele também foi suplente do Conselho Permanente do Regional Leste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e membro da então Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz. Em 30 de setembro de 2015, papa Francisco o nomeou bispo de Lins (SP).

Fonte: https://www.acidigital.com/noticia/58362/jau-e-a-mais-nova-diocese-brasileira-e-seu-primeiro-bispo-e-dom-francisco-carlos

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.