Isto é o que deve saber sobre a famosa água de Lourdes

Neste dia 11 de fevereiro, comemora-se a Festa de Nossa Senhora de Lourdes e o 27º Dia Mundial do Doente, celebrado pela primeira vez em Lourdes em 1993, depois de ser estabelecido um ano antes por São João Paulo II.

Deste modo, o Santuário de Lourdes explicou em seu site tudo o que os peregrinos devem saber sobre a água que brota da gruta Massabielle (França) e como consegui-la, levando em consideração que os diversos milagres oficiais estão relacionados ao uso da água logo após as aparições da Virgem Maria desde 1858.

No dia 25 de fevereiro de 1858, a Virgem Maria disse à Santa Bernadette: “Beba e entre na fonte”.

“O qual é um convite para todos os peregrinos até hoje”, explica o site do Santuário de Lourdes.

“A água de Lourdes não deve ser confundida com a água benta. É uma água normal, ligeiramente calcária e comparável a qualquer outra água de fontes próximas”, acrescenta.

Também indicaram que esta água não é térmica ou tem uma propriedade específica, “é completamente independente do rio Gave de Pau e é conduzida através de alguns canais aos reservatórios para alimentar diferentes torneiras diferentes e piscinas”.

“Aparentemente, o meio mais frequente de cura é com o uso da água da fonte, tanto na aplicação direta como bebendo ou tomando banho com ela. A Igreja Católica especifica que Deus cura através dos elementos naturais e dos sacramentos, com a ajuda da Virgem Maria e da oração dos cristãos”, indica.

Santa Bernadette Soubirous disse certa vez: “Esta água é considerada como um remédio… mas você tem que manter a fé e rezar: esta água não poderia fazer nada sem fé”.

“A água de Lourdes também é o sinal do batismo. Toda vez que alguém faz o gesto da água, dá um novo significado à vida. Um coração é purificado e libertado”, conclui o site.

A água da gruta de Lourdes está disponível para todos gratuitamente. Além disso, pode ser enviada por correio em recipientes de plástico e só será cobrado o valor do recipiente, a embalagem e o envio.

Ao fazer o pedido da água, é necessário escrever a quantidade desejada e o endereço para onde deve ser enviada. Além disso, deve-se anexar o dinheiro correspondente na carta, como valor declarado.

Para quem está na América Latina, é necessário enviar o dinheiro em dólares ou em euros por remessa postal. Neste caso, deve-se escrever no verso da remessa o motivo do envio.

O Conselho do Santuário indica que a quantidade máxima de água que poderá ser encomendado por pessoa é de 2 litros.

Endereço para fazer o pedido:

Santuário de Lourdes
1 avenue Monseigneur Théas
65108 Lourdes Cedex (Francia)
Telefone: +33 (0)5 62 42 78 78
E-mail: lourdes.water@lourdes-france.com

Por Diego López Marina

Fonte:https://www.acidigital.com/noticias/isto-e-o-que-deve-saber-sobre-a-famosa-agua-de-lourdes-10818

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.