Ir. Cristina, vencedora do The Voice Itália, fez sua profissão perpétua

Conforme o site ACI Digital, a Irmã Cristina Scuccia surpreendeu o mundo com sua participação no The Voice Itália, um concurso de canto que ela venceu em 2014, deixando claro que era uma verdadeira religiosa com um dom que queria compartilhar. Neste fim de semana, deu seu sim definitivo a Deus realizando a sua profissão perpétua.

Em 8 de setembro, na Basílica de Santo Ambrósio, em Milão, o Arcebispo desta cidade italiana, Dom Mario Enrico Delpini, presidiu a Missa na qual Irmã Cristina, de 30 anos; das Ursulinas da Sagrada Família; e Elena Bianchi, das Irmãs de Santa Dorotéia de Cemmo, disseram sim ao Senhor para sempre.

“Este evento solene e emocionante da profissão religiosa de votos perpétuos é um sinal do Reino vindouro e de como o Reino é a menor de todas as sementes. O sinal oferecido da vida consagrada de nossas irmãs Elena e Cristina está na obra de Deus que manifesta a unidade, que define a pertença à comunidade”, disse Dom Delpini em sua homilia.

O Prelado assinalou que, embora ambas tenham decidido fazer “renúncias surpreendentes para a sensibilidade e imaginação do nosso tempo” e, por isso, despertam interesse, é necessário esclarecer que “as consagradas não querem atrair atenção para si, porque o que as convenceu a chegar até essa vivência misteriosa chamada vocação é o fato de que este é realmente um sinal do Reino que está próximo”.

“As pessoas do nosso tempo, como as pessoas do tempo de Jesus, pedem sinais persuasivos e clamorosos. Hoje podemos apresentar a história de duas jovens mulheres, Elena e Cristina, que decidem professar os votos de consagração para sempre em uma comunidade de religiosas”, afirmou.

Dessa maneira, concluiu o Arcebispo, essas duas religiosas “dizem ao mundo que este é o sinal que podemos oferecer, a menor de todas as sementes, como o fermento que fermenta toda a massa. É nossa contribuição para mudar o mundo. ”

O testemunho de Irmã Cristina

“É difícil tentar resumir as maravilhas do Senhor em poucas linhas, mas posso testemunhar a beleza de tê-lo encontrado e as coisas extraordinárias com as quais Deus me surpreende todos os dias”, diz Irmã Cristina em um texto publicado no site do Arcebispado de Milão.

“Segui-lo nem sempre é fácil, mas aprendi a fazê-lo e peço todos os dias a graça de segui-lo, mesmo quando o caminho se torna tortuoso e íngreme”, continua.

A religiosa recorda que recebeu os valores cristãos em sua casa, mas por um tempo se afastou do Senhor que colocou para ela “situações de vida muito dolorosas. Então, eu virei as costas para Ele e me dediquei apenas à minha paixão, o canto”.

No entanto, Irmã Cristina enfatiza, “foi também através do canto que o Senhor, depois de anos de afastamento, me reivindicou para si” em 2007, quando as Ursulinas da Sagrada Família se preparavam para celebrar os 100 anos da congregação.

A jovem conta que participou de um musical interpretando a fundadora, Irmã Rosa Roccuzzo, “um personagem muito corajoso e ardente de amor a Deus. Inevitavelmente, tocou as fibras sensíveis do meu coração que me levaram a pensar sobre o significado da vida e a decidir entregá-la totalmente ao Senhor”.

Algum tempo depois, já como noviça, foi enviada ao Brasil, onde entendeu que o canto “esse dom de Deus, poderia ser meu meio de evangelização e testemunho no meio dos outros”.

Quando voltou à Itália, a produção de The Voice Itália entrou em contato com a superiora geral de sua congregação para ver a possibilidade de Irmã Cristina participar do programa.

“No começo, eu tinha muito medo desse convite, mas em um segundo momento eu o li como um chamado para sair e chegar a uma “periferia” do mundo levando a alegria do Evangelho”, recorda a religiosa.

“Acho que a continuação desta história quase todo mundo conhece, mas a coisa mais importante que quero transmitir-lhes é a grande capacidade do Senhor de nos surpreender no momento em que nos abandonamos com confiança em seus braços. Ele nos conduz por caminhos desconhecidos pelos quais escreve maravilhosos capítulos de nossa história”.

Para concluir, a jovem religiosa enfatiza que “é necessário ter a coragem de lançar-se cegamente em suas mãos e deixá-lo fazer o restante sem se preocupar com o amanhã. Ele certamente nunca nos deixará sozinhos. Nunca deixem de sonhar e de confiar seus sonhos a Ele. Só Jesus é capaz de fazer coisas grandiosas com nossas pequenas vidas”.

 

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/ir-cristina-vencedora-do-the-voice-italia-fez-sua-profissao-perpetua-82818

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.