Igreja de Nossa Senhora da Saúde e Glória é reaberta após 9 anos

Por conta de sua importância histórica e artística, a igreja foi tombada pelo Iphan em 1941.

Segundo o Gaudium Press (09/11/2021), a Igreja de Nossa Senhora da Saúde e Glória, um dos templos religiosos mais antigos da Bahia, foi reaberto na última segunda-feira, 8 de novembro, após nove anos fechada para restauração pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Cerimônia de reabertura do templo

A cerimônia de reabertura foi presidida pelo pároco Valson Sandes e contou com a presença do prefeito da capital baiana, Bruno Reis; do ministro da Cidadania, João Roma; do ministro do Turismo, Gilson Machado; da presidente nacional do Iphan, Larissa Peixoto; e do superintendente regional do Iphan, Bruno Tavares.

Restauração integral durou nove anos

No total, as obras de requalificação integral do templo, para a qual foram investidos R$ 8 milhões, duraram nove anos, tempo que permaneceu fechado. Durante esse período foram restaurados o telhado, o altar, além de todo acervo de bens móveis e integrados, como elementos artísticos, pinturas e imagens de arte sacra. Além disso, foram feitas as adequações de acessibilidade ao edifício religioso.

Igreja foi construída em agradecimento pelo fim de uma epidemia

Construída na primeira metade do século XVIII, mais especificamente no ano de 1723, a Igreja de Nossa Senhora da Saúde e Glória, foi erguida como agradecimento pelo fim da Grande Peste de Marselha de 1720, uma epidemia que matou cerca de 100 mil pessoas no mundo. Por este motivo recebeu o título de Nossa Senhora da Saúde e Glória. Por conta de sua importância histórica e artística, a igreja foi tombada pelo Iphan em 1941. (EPC)

Fonte: https://gaudiumpress.org/content/igreja-de-nossa-senhora-da-saude-e-gloria-e-reaberta-apos-9-anos/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.