Famoso streamer e gamer de Fortnite agradece a sua mãe por não o abortar

Segundo o ACI Digital (31/07/2019), o jogador profissional de videogame apelidado de “Ninja”, famoso por transmitir suas partidas de “Fortnite” nas plataformas Twitch e YouTube, fez uma incrível revelação durante uma transmissão ao vivo: sua mãe se recusou a abortá-lo, apesar da pressão dos médicos.

Richard Tyler Blevins, conhecido mundialmente como “Ninja”, tem mais de 14 milhões de seguidores no Twitch e outros 22 milhões no YouTube. De acordo com suas declarações à mídia internacional, em 2018, ele ganhou mais de 500 mil dólares “em um bom mês” jogando Fortnite e cerca de 10 milhões de dólares no mesmo ano.

Durante uma transmissão recente em seu canal, por ocasião de seu aniversário de 28 anos, o jogador surpreendeu seus seguidores dizendo que “supostamente” ele “não deveria ter nascido”.

“Aqueles de vocês que não sabem, supostamente eu não deveria ter nascido. Muitos médicos disseram à minha mãe que eu tinha espinha bífida ou síndrome de Down ou uma série de doenças, e que deveria ser abortado”, disse em seu vídeo publicado em 5 de junho de 2019, pelo ativista pró-vida Jason Jones.

Por isso, ressaltou a coragem de sua mãe para se manter firme e recusar a proposta de aborto de médicos e outras pessoas próximas.

“Ela disse ‘não’ a ​​todos os médicos, até que encontrou um que lhe disse: ‘Sabe, vamos ter esse bebê’. E nove meses depois disso eu nasci. Perfeito. Sabe, eu não tinha nada de errado”, contou Ninja.

“Minha mãe é uma santa e um anjo e eu a amo até a morte. E é uma dessas coisas que (você se pergunta), o que teria acontecido se ela ouvisse um desses médicos ou uma dessas pessoas? Vocês não estariam aqui. Ninguém estaria neste quarto vendo isso”, concluiu o famoso.

Finalmente, agradeceu aos seus seguidores pelos bons votos por seu aniversário.

Em outro vídeo publicado em maio e feito pelo Sports Center para comemorar o Dia das Mães, Ninja foi convidado a escrever uma carta dirigida à sua mãe e gravá-la em vídeo.

“Você sempre me ensinou que Deus tem um plano e por isso eu te agradeço muito e te amo muito por isso (…) Mãe, tudo o que eu quero fazer é continuar sendo o homem que me criou e trazer tanta alegria para a vida das outras pessoas como você faz aos outros todos os dias”, disse Ninja em uma parte do vídeo. Depois, sua mãe o surpreendeu aparecendo na filmagem e ambos se abraçaram e choraram juntos.

Como disse o gamer profissional, vários pais que recebem diagnósticos pré-natais, especialmente de síndrome de Down ou espinha bífida, são sugeridos a abortar em certos países, como nos Estados Unidos.

Prova disso é que 100% das crianças diagnosticadas com esta síndrome de Down na Islândia são abortadas. De acordo com os dados mais recentes disponíveis, os Estados Unidos têm uma taxa de aborto com síndrome de Down de 67% (1995-2011); na França, 77% (2015); e Dinamarca, 98% (2015).

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/famoso-streamer-e-gamer-de-fortnite-agradece-a-sua-mae-por-nao-o-abortar-35792

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.