Ex-modelo se torna mãe de seis e militante pró-vida

Segundo o ACI Digital (22/06/2021), Leah Darrow, que saltou para a fama ao participar do concurso America’s Next Top Model, voltou à fé católica e fez um apelo à sociedade para que a beleza das crianças seja reconhecida e desafiou a falácia do aborto como algo necessário para o sucesso da mulher.

Darrow disse que a maternidade é um presente, mesmo quando o mundo não a valoriza, e lamentou que a cultura atual tenha convencido as mulheres “lenta e sistematicamente de que a maternidade é a inimiga”. É mentira dizer que “a maternidade não é um sonho, que não é uma aspiração e que não é uma esperança que as mulheres jovens deveriam ter”, acrescentou.

No auge de sua carreira como modelo, Darrow teve uma experiência de Deus que mudou sua vida para sempre. Deixou a indústria da moda e regressou à sua fé católica. Hoje, ela tem seis filhos e tornou-se conferencista católica e defensora das crianças por nascer.

Em uma entrevista à EWTN Pro-Life Weekly, no dia 10 de junho, a ex-modelo disse que, como mãe, abraça a causa pró-vida pessoalmente. “Posso entender que exista o medo da maternidade e todas as preocupações que existem, porque é uma grande vocação, é uma bela vocação”, afirmou. “Mas meus bebês não me impediram de alcançar minhas esperanças, meus sonhos ou aspirações”, disse.

Enquanto algumas celebridades afirmam que o aborto é necessário para que as mulheres tenham sucesso, Darrow enfatizou que seus filhos fazem dela uma pessoa melhor. “Eles me ajudaram a encontrar um novo caminho, a ver melhor o que Deus quer de mim”, explicou.

“Os meus bebês fazem parte dos meus sonhos, fazem parte das minhas esperanças e aspirações. E o mundo é realmente melhor por isso, pelos meus filhos e pelo que eu sou graças a meus filhos”, afirmou.

A ex-modelo disse que a maternidade “não mata os sonhos” e disse que um claro exemplo disso é a Virgem Maria. “Sabemos que Nossa Santíssima Mãe é mãe de toda esperança, de cada sonho e de cada aspiração que deve estar em nosso coração”, disse. “O papel da maternidade realmente precisa ser redimido em nosso mundo”, acrescentou.

A mensagem de Darrow foi uma resposta à estudante da escola secundária Pathon Smith, que em seu discurso de graduação declarou sentir terror “se meus anticoncepcionais falharem, sinto terror ao pensar que, se me estupram, minhas esperanças, aspirações, sonhos e esforços em vistas ao futuro já não terão importância”.

Darrow falou sobre a importância da esperança perante o medo de Smith e disse que agora, mais do que nunca, “as mães têm mais apoio e recursos ao seu redor se, em algum momento, enfrentarem uma gravidez não planejada”. Entre esses recursos, estão os centros de gravidez que oferecem às mulheres grávidas e às novas mães uma ajuda gratuita através de cuidados médicos, roupas, aulas de orientação e moradia.

Além disso, afirmou que os defensores da vida também devem desafiar a mentira de que o aborto é necessário para as mulheres, “porque os bebês não matam os sonhos: só o aborto o faz”.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/ex-modelo-se-torna-mae-de-seis-e-militante-pro-vida-85266

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.